Picanha Virada Recheada com Provolone

Uma receita nada light… mas muito gostosa! Afinal, a vida não pode se resumir a contar calorias.

Ingredientes

  • uma peça de picanha de 800 a 900 gramas
  • cerca de 300 gramas de queijo provolone
  • sal grosso

Você também precisará de

Preparo

Faça uma incisão no lado mais grosso da picanha e vá passando a faca por dentro dela até chegar à ponta. Cuidado para não cortar as bordas! Quando tiver aprofundado o corte o suficiente para alcançar a ponta fina da carne, puxe-a com cuidado com a mão,  virando a peça do avesso.

Recheie a picanha com queijo provolone e passe sal grosso na superfície.

Leve ao forno médio por cerca de uma hora.

Dicas e Complementos

Picanha Virada Recheada com Provolone
Deu vontade? Aproveite o fim-de-semana e experimente!

Quando se vira a picanha, a camada de gordura fica do lado de dentro da carne. Ela derrete e mantém a peça úmida e suculenta, com um sabor incrível.

Para esta receita, é melhor trabalhar com peças pequenas. Facilita a “virada”.

Um vinho tinto cai muito bem para acompanhar. Melhor ainda se for da uva Taná, que combina com churrascos e comidas gordurosas perfeitamente.

A receita é bem simples. Só não a classifico como “fácil” porque é preciso paciência para cortar a carne com calma e algum jeitinho para virá-la. Quanto à quantidade… serve três pessoas normais ou duas esfomeadas, como foi o caso no dia em que provei essa delícia.

  • Tempo de preparo: 1 hora e meia
  • Grau de dificuldade: moderada
  • Rendimento: 3 porções

Atualização: para ver outro jeito de virar e rechear a picanha, dê uma olhada nesse post do Comideria.

5 thoughts on “Picanha Virada Recheada com Provolone

  1. Boa Tarde, é a minha primeira vez aqui, mas gostaria de tirar umas dúvidas a respeito dessa Picanha com Provolone.
    1° Posso assar na churrasqueira ?
    2° Além do queijo Provolone, você indicaria outro tipo de Queijo ?

    Se pode me responder antes do fim de semana eu ficaria muito feliz, e minha mãe também. (quero faz esse prato para o dia das mães).

    Agradecido, abraços

  2. Olha já que a picanha é um prato sofisticado feito dessa forma, eu assisti um DVD do Sergio Reis, porém ele coloca queijo mussarella de búfala e uma espécie de vinagrete.
    Mas eu queria inovar e fazer algo diferente… e vi a sua receita virando ela do avesso….
    Amigos complementando a sofisticação do prato e a forma com que vocês nos indicam… eu experimentei o queijo Emental Suísso.
    Comprei uma pecinha aqui em manaus de 10 reais, derreti uma manteiguinha com alho… e coloquei o caldo dentro do recheio do queijo junto com um tomate picadinho e suco de 1/4 de limão.
    para dar um charme eu untei o queijo com manjericão picado e uma pitadinha leve de orégano…

    o resultado foi incrível… o emental derreteu e impregnou na gordura de toda a carne… o Sabor foi indescritível.

    O mesmo fiz com o cupim… e pela textura da carne e da gordura do cupim posso dizer que o cupim todo ficou com gostinho de queijo suiço.

  3. Ja fiz essa receita e é realmente deliciosa.
    Mas o que achei estranho é que vc nao menciona que após virar a picanha e rechear com o provolone a picanha tem que ser costurada para que o queijo quando estiver derretendo nao saia pra fora.
    Bom foi assim que aprendi e fiz nao sei se tem como fazer sem costurar a carne.

Comments are closed.