Molho de Morango Para Carnes

Quinta receita da série Receitas com Morangos.

Ingredientes

  • 150 gramas de morangos (mais ou menos 15 unidades)
  • 1/2 cebola pequena
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1/2 xícara (chá) de vinho branco seco
  • sal
  • pimenta-do-reino
  • tomilho

Você também precisará de

Preparo

Lave os morangos e retire as folhas e os cabinhos. Passe-os pelo liquidificador, multiprocessador ou mixer até obter um creme. Reserve.

Pique a cebola em pedaços bem pequenos. Leve ao fogo, com o azeite, até dourar.

Abaixe o fogo. Acrescente o vinho branco e os morangos batidos e misture até que fique homogêneo. Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto. Adicione uma pitada de tomilho.

Sempre em fogo baixo, deixe o molho ferver e reduzir, até ficar cremoso – deve demorar uns 10 minutos, aproximadamente. Mexa freqüentemente para não queimar. Aproveite para provar o tempero e corrigir se for necessário.

Sirva sobre carnes brancas.

Dicas e Complementos

Molho de Morangos Para Carnes Não escolha o vinho mais barato do supermercado. Procure um vinho branco seco. Você gastará alguns reais extras, mas terá um molho muito mais saboroso.

A pimenta-do-reino ganha um perfume especial se for moída na hora.

Se você não gosta de tomilho, substitua-o por alguma outra erva aromática e suave, como o alecrim.

Na foto, servi o molho sobre fatias de lombo de porco.

  • Tempo de preparo: 20 minutos
  • Grau de dificuldade: fácil
  • Rendimento: 2 porções

13 thoughts on “Molho de Morango Para Carnes

  1. Lu, eu adoro cozinhar! Mas misturar frutas com carnes, doce com salgado, e coisas assim… eca…rs.
    E valeu pelos elogios à crítica. Mesmo.
    Outra coisa: hoje eu estava pensando em como seria legal abrir um restaurante e chamar todos os meus amigos para a inalguração. Mas não tenho grana pra montar um. Uma pena…

    Beijo

  2. o que eu quero saber mesmo é quando começou esse seu dom pra gastronomia… em Recife vc não falava muito disso. ficava a semana sem comer pra se deliciar com um sundae do mc donals´s na sexta, ehehehe..

    beijos

  3. Hahahahaha! Boa lembrança, Daniele! 😛

    Eu ainda faço coisas do tipo – meus hábitos alimentares não são os mais saudáveis do mundo, embora tenham melhorado consideravelmente. O lance é que moro sozinha há quase 8 anos. Uma hora ou outra, você sente falta de comida de verdade.

    Cozinhar pode até ser relaxante – desde que seja quando você está com vontade, não por mera obrigação. 🙂

  4. Oi Lu!

    Achei a receita muito interessante e fiquei curioso: diferentemente do Paulo, eu gosto do balanço “doce/salgado”, mas não fica doce demais?
    Acho que vou servir pra minha sogra quando ela voltar do México e relato o resultado OK?

    Beijos e abraços!

    > A propósito, a mudança no layout fez muita diferença.
    Parabéns!

  5. Christopher, o sabor fica bem suave, não fica carregado no doce; a pimenta e o tomilho ajudam a equilibrar.

    Valeu pelo elogio ao layout – passei o dia mexendo nele… 🙂

  6. Lu!
    Fiquei com água na boca de novo. A gente VAI TER que cozinhar na sua próxima visita a Sampa… Com morangos? Pode ser… hehehehe
    Adorei o Layout novo. Muito bom, muito bom.
    bj

  7. Vá gostar de morango assim lá em casa!

    Eu adoro misturar doce com salgado. Coisa de gente fina.

  8. Lu, estou cursando gastronomia, entrei no seu site, andei pesquisando umas coisas, receitas por exemplo.
    Vou colocálas em prática e ver se apro. Bom, vindo de você cho que sim. Essa receita de risoto de morango é muito boa, só que em vez de morango, usei manga. Experimente.
    Um grande abraço.

Comments are closed.