Tá me esperando na janela, ai, ai.

O síndico parece ter se esquecido de mim (se você não viu o início da história, leia o post Síndico? Senhor Feudal, isso sim). Tive o desprazer de encontrar com ele (e ter de dirigir-lhe a palavra) há umas duas semanas. O dito cujo não tocou no assunto. Dois dias depois, ele até fingiu ser educado e abriu a portaria pra mim.

Posso escalar, mamãe? Posso?? Posso???
Posso escalar, mamãe? Posso?? Posso???

Acho que não ligou o nome à pessoa, ou melhor, o apartamento à inquilina.

Ou então, vai ver que percebeu quão errado estava. Um pedido de desculpas? Nah. Seria exigir muito. Ao menos não recebi nenhuma multa na minha última taxa condominial.

Agora estou em compasso de espera pela próxima; coloquei a rede de proteção no último domingo (finalmente!) e, se o síndico tinha se esquecido do caso, assim que olhar pra minha janela vai lembrar.

A tal rede é discretíssima, é verdade. Uma cortina causa muito mais “alteração na fachada” do que ela. Uma grade, então, nem se fala.

Mel está numa felicidade só. Tenho aberto a janela apenas quando estou em casa, até ela se acostumar com a novidade e eu ter certeza de que ela não ficará enganchada. A branquela fica tão contente quando vai pra rede que até se esquece de mim.

7 thoughts on “Tá me esperando na janela, ai, ai.

  1. Minha sogra adotou uma gatinha que encontramos no nosso prédio. Ela também botou redes como as tuas e mora no nono andar.
    Acredita que dia destes, com tela e tudo, ela conseguiu caçar um passarinho? Deixou o bicho no meio da sala, morto e estatelado.
    E ela orgulhosa do “serviço”.

  2. @Jorge, esses felinos são fogo! Meus pais moram no décimo-sexto andar, a gata deles só tem 3 patas e, ainda assim, caça um passarinho de vez em quando, e vai toda feliz levar o presente pra minha mãe (que morre de nojo, claro). 😛

  3. Tia, minha mãe diz que eu só posso conhecer a varanda lá de casa depois que ela mandar colocar esse negocinho… “Foi com o Aranha?” (ela é quem está perguntando; não entendi nada)

  4. Uia! Eu também tenho que colocar, mas meu dinheiro este mês já foi embora.
    O bom é que tá fazendo friozinho e nem me dá vontade de abrir a janela mesmo…
    Tenho certeza, no entanto, que Sofia vai adorar!

  5. Minhas gatas (feminismo, minhas gatas e meu gato) adoram.
    Vou repetir aqui no blog o que escrevi na tua foto:

    no apartamento da minha mãe no rio tinha varanda e tela. uma das gatas, a persa preta, gostava de escalar a tela. escalava mesmo. colocava nas patinhas nos buracos e andava que nem se fosse gata-mulher-aranha, vencendo a gravidade, por toda a extensão da varanda (pegava o apê todo, era enorme).
    um dia o vizinho perguntou para minha mãe se o “macaquinho” que ela tinha em casa era manso, porque ele morria de vontade de conhecer. Imagina a cara de decepção do cara quando soube que o “macaquinho” era só um gato doido.

Comments are closed.