Meio ambiente também é problema seu

Este artigo faz parte do Blog Action Day, movimento ao qual aderiu o Nossa Opinião. Também pretende retomar a discussão sobre Ecologia no Dia de Folga.

Blog Action Day

Ecologia: ciência que estuda as relações dos seres vivos entre si ou com o meio orgânico ou inorgânico no qual vivem.

Meio ambiente: conjunto de fatores físicos, biológicos e químicos que cerca os seres vivos, influenciando-se e sendo influenciados por eles.

(Fonte: Dicionário Houaiss da língua portuguesa)

Quando o assunto é meio ambiente, muita gente ainda se coloca em posições extremistas. De um lado, estão os ecochatos, criaturas que gostariam de voltar à idade da pedra lascada – mas sem consumir carne – e amaldiçoam o progresso tecnológico; de outro, está a turma do não-tô-nem-aí, que encara o ambientalismo como prosopopéia flácida para acalentar bovino.

Como em quase tudo na vida, vale a máxima aristotélica: a virtude está no meio.

Xiitas ecochatos causaram, é verdade, um grande prejuízo à causa ambiental. Ações polêmicas de grupos como o Greenpeace, pertubações do status quo sem a menor conversa prévia e campanhas pouco fundamentadas criaram em muita gente um ranço contra qualquer tema relacionado a ecologia.

Nossa OpiniãoSó que não importam seus ranços ou preconceitos – a menos que você more numa bolha, está em constante interação com o meio ambiente. Quando você sofre com secas ou inundações, quando tem irritações respiratórias, quando escolhe verduras e legumes de fontes confiáveis, quando aprecia um bonito pôr-do-sol, quando reclama da poluição sonora e visual, você reforça a existência dessa interação.

Lentamente, o mundo está acordando para uma visão equilibrada das relações do homem com o espaço em que está inserido. A era das campanhas bombásticas ficou para trás; o que os ambientalistas procuram, atualmente, é a conscientização por meio de demonstrações científicas do estrago que já foi feito ao planeta e do que nos aguarda num futuro próximo, caso não repensemos nossos hábitos.

O marco dessa virada foi 2006: Al Gore, com seu documentário vencedor do Oscar Uma Verdade Inconveniente, realizou um brilhante e lúcido trabalho de conscientização. Merecidamente, acabou de receber, com o IPCC (Painel Intergovernamental para Mudanças Climáticas), o Prêmio Nobel da Paz. Entre os agraciados em anos anteriores estão personalidades como Kofi Annan, Nelson Mandela, Martin Luther King e Mikhail Gorbachev, o que dá uma idéia da importância da preocupação ambiental no mundo contemporâneo.

Aqui no Brasil, a consciência ecológica ainda não chegou para muita gente. Temos um governo que vê o meio ambiente como entrave para o progresso e se alinha com os pontos de vista da China, que já ocupa o posto de maior poluidora mundial. Muitos brasileiros prendem-se a discursos individualistas e demagógicos. Sobre o Dia Mundial Sem Carro, em 22 de setembro último, houve quem dissesse que era frescura de ecochato, sem atentar para a necessidade urgente de racionalização do espaço urbano antes que se chegue ao completo caos. E sempre tem alguém para bradar “com tanta criança passando fome, vocês ficam se preocupando com plantinha”, numa visão reducionista e ultrapassada do problema ambiental.

Apesar desse atraso, estamos vivendo o ano em que o meio ambiente entrou na pauta de discussões entre governantes, estudiosos, economistas e amigos em mesa de boteco. Aos poucos, surgem alternativas, mudanças de comportamento, revisão de valores e padrões de consumo que apontam para uma nova forma de encarar a ecologia.

A estrada do desenvolvimento sustentável é longa. Você pode começar a percorrê-la já, com pequenas atitudes, ou continuar no grupo dos egocêntricos acomodados parados no tempo e no espaço. E aí, o que vai ser?

35 thoughts on “Meio ambiente também é problema seu

  1. Olha a gente fazendo movimento pra mudar o mundo. Adorei, adorei. E achei o “seu” gato hoje. Já está no jeito procê levar pro Planalto. 😀
    assim que a foto chegar, eu te mando.
    bj

  2. Estou realmente preocupada com o meio ambiente… e acho que devemos sim, falar e falar, comentar e comentar, sobre a situação do planeta…
    Nesta semana, infelismente após tanto tempo…decidi começar a separar meu lixo para reciclagem.
    Gerenciar melhor o uso da água em minha casa e também energia elétrica.
    Coisas que eu nunca dei importância, agora quero que façam parte da minha vida de uma maneira verdadeira.

  3. Realmente, lu, é problema de todos nós.
    Tem uma música de um cantor popular nordestino que diz “eu não sou dono do mundo, mas tenho culpa porque sou filho do dono”. Cada um pode fazer algo para mudar a situação.

  4. O homem busca, em desespero, mas antes tarde do que nunca, a preservação do que sobrou neste Planeta. Não é impossível, até porque atitudes simples têm o poder de mudar o rumo de coisas importantes. Mas eis o impasse: por que não se começa a educar para o equilíbrio da ecologia humana? Quanto custa o esforço por um abraço, um sorriso, uma demonstração de afeto?
    A Escola gasta quase todo o tempo destinado a ela resolvendo equações de primeiro e segundo graus e a criança vive refém de deveres de casa. Não há tempo nem espaço brincar. Dirão muitos que a concorrência exige tudo isso na corrida desenfreada ao mercado de trabalho: passar nos concursos, nos vestibulares e arranjar emprego, só quem sabe mais equação e rebincoca da parafuseta.
    Certa vez perguntaram a uma famosa atriz, centenária, o que a levou ao sucesso nos palcos do teatro e ela nem pestanejou: a fome. Estudar não lhe fez falta? Perguntou o repórter, e ela disse que não, porque a professora só ensinava algarismos romanos até 100.
    A educação tem os recursos pedagógicos para transformar a humanidade. Quem falhou? Ao invés de ensinar doutrinas religiosas, porque não se ensinam valores? Fé, amor, paz, união, misericórdia, fraternidade, solidariedade? Ensinar ao homem a ser bom é um grande desafio Todas as guerras do Planeta têm origem na doutrina de alguma religião.
    Quando o homem reflorestar as idéias, podar os galhos secos da ira, regar suas raízes no manancial da fé, vai colher os frutos de um mundo oxigenado de amor. O homem equilibrado vai equilibrar o Planeta!
    Ivone Boechat

  5. Meio ambiente quem faz é a gente. A pratica começa na nossa propria casa, para conscientizar as demais pessoas de que nada adianta ter dinheiro aos montes sabendo que o meio ambiente está sendo destruído por eles prórios, pois a maior parte da destruição foi e é gerada pelos grandes empresarios que desde a era industrial começaram a destruir o meio ambiente e o que nele há.
    Quando Deus criou o mundo Ele não mandou que o homem o destruisse mas que cuidasse para a outras vidas que há de vir, e assim a conciência é de todos nós.

  6. Meu nome é Michelle moro em Carmo do Paranaíba MG e tomei conciencia preocupante sobre o nosso meio ambiente, estou a procura de formas de campanha para concientização que comece em minha cidade, pois acho que se cada um faz uma parte não teremos problemas,mas é claro que isso tem que ir a diane, pois não é uma cidade que corre risco, mas sim todo o nosso mundão,não devemos preservar apenas o MEIO ambiente mas sim ele todo.
    BJS aguardo resposta

  7. A China não é a maior poluidora do mundo e sim os EUA. Al Gore é um hipócrita, já que várias ações ambientais foram lançadas contra empresas dele e até hoje ele está com problemas por causa disso. O Greenpeace é uma das poucas ONGs que fazem um trabalho bem feito. Mas, enfim, eu concordo com a “máxima aristotélica”.

  8. fico triste por nos mesmos…… por ser humanos q se diz ter racíocinio. E não veêm a tamanham da consequencia o que nos espera com sua racionalidade.

    cuide do seu planeta!

  9. Projeto sua Vida por uma árvore

    Já pensou se cada pessoa mundialmente planta-se uma arvore representando ela mesmo ou sua familia, esse projeto ainda não existiu.
    Se não salvarmos a natureza a natureza não salva ajente, temos que lutar enquanto é tempo.
    A temperatura global esta piorando cada vez mais.

    OBRIGADO POR LER!!!!!!!!!!

  10. Acredito que o que vem acontecendo com o meio ambiente e uma vergonha tanto pra sociedade quanto para o governo.Me envergonho de fazer parte desse mundo ipocrita…

  11. Muito bom o artigo.
    Parabéns.

    Acredito que quando o ser humano conscientizar que quando o meio anbiente morre ele também morre. Talvez ele desperte para mover nem que seja um dedo em benefício do planeta Terra.

    Um forte abraço.

    Antônio Ventura.

  12. sugiro via internet encaminhar-mos aos congressistas um projeto de lei simples e básico: TODAS AS AREAS DE TERRA,JA DEVIDAMENTE TITULADAS A SEREM EXPOSTAS Á VENDA,OBRIGATORIAMENTE DEVERÃO SER DIVULGADAS COM PRIORIDADE DE AQUISIÇÃO PARA FINS DE PRESERVAÇÃO, REFLORESTAMENTO ,CONSERVACIONISMO.NA AQUISIÇÃO COM AS FINALIDADES ACIMA SERÁ ISENTO DE TODAS TAXAS E TRIBUTOS.NO CASO DE NÃO MANIFESTAÇÃO NO PRAZO,PODERÁ SER VENDIDO A QUEM QUEIRA PARA QUALQUER FINALIDADE,SOB PENAs DA LEI A QUEM PROTESTAR A POSTERIORI.
    Motivo da minha proposta,na minha região ja ví muita terra ser vendida e desmatada, e quem poderia adquiri-la para evitar,tendo alto poder aquisitivo, dizendo ser preservacionista,preferiu comprar apartamento ou viajar para praia.Ambientalista sou eu que NUNCA fui a praia,nunca vestí roupa de marca,para comprar uma area de terra onde pudesse andar pela mata que eu preservo.Ambientalista que curte e exige que os outros preservem, sequer pode ser chamado de GENTE.

  13. o comentário dizendo `´não sou dono do mundo,mas filho do dono`é inocente,pois o DONO DO MUNDO não é Deus,pois a biblia diz:O mundo jaz no poder do iniquo) e també Jesus, o Cristo diz`Meu reino não é deste mundo`e ainda satanás ofereceu durante o jejum de jesus,Todos os reinos do mundo,e ninguém oferece o que não é seu.

  14. bom homem é um reter da do por que elke destoi o meio anbimte

  15. bom eu comcorda com o antonio ventura o humano nao sabe que se ele destrui o meio ambiemte ele tambem morre

  16. a minha opnião
    Se você acha dificil cuidar de uma arvore em sua calçada , plante uma arvore de jardim è facil de cuidar , até com as mãos se precisar cortar alguns galhos você quebra e os galhos , pode até por em vaso para enfeitar a sua sala , eu por exemplo as vezer quando tiro o que diz ser mato eu ponho no vaso e fica bonito sem eu gastar dinheiro com flores para enfeitar a minha casa
    sabe eu comprei um vaso tipo jardineira , não tirei os furos que vem nos fundos e plantei a rais da cebolinha e salsinha alem de enfeitar ,eu uso na cozinha

  17. eu acho uma coisa as pessoas tinha que ter consientização pelo nosso planeta ninguem quer ajudar o nosso planeta se cada um vissese sua parte o planeta iam agradeçer muitoo mas vou dar alguns itens de como nós(os seres humanos)podiam aajudar vou sitar alguma coisas:
    *eles podiam reciclar bastante as materias organicos vidros e etc…
    *podiam nao jogar mas papeis de bala do chão …
    *tambem eles podião pegar o papel, do chão e jogar no lixo logo depois …

    mas nao os seres humanos nao tão fazendo isso nao estão colaborando muito com isso!!!
    então tenha consientização e consiencia…

    E FAÇA SUA PARTE AJUDE NOSSO PLANETA AFICAR CADA VEZ MAS MELHOR!!!!!

  18. oi Lu, sou biólogo e dou palestras sobre meio ambientes nas escolas e gostei muito do tema e conteúdo do seu artigo. Continue firme nessa batalha.

  19. O homem busca, em desespero, mas antes tarde do que nunca, a preservação do que sobrou neste Planeta. Não é impossível, até porque atitudes simples têm o poder de mudar o rumo de coisas importantes. Mas eis o impasse: por que não se começa a educar para o equilíbrio da ecologia humana? Quanto custa o esforço por um abraço, um sorriso, uma demonstração de afeto?
    A Escola gasta quase todo o tempo destinado a ela resolvendo equações de primeiro e segundo graus e a criança vive refém de deveres de casa. Não há tempo nem espaço brincar. Dirão muitos que a concorrência exige tudo isso na corrida desenfreada ao mercado de trabalho: passar nos concursos, nos vestibulares e arranjar emprego, só quem sabe mais equação e rebincoca da parafuseta.
    Certa vez perguntaram a uma famosa atriz, centenária, o que a levou ao sucesso nos palcos do teatro e ela nem pestanejou: a fome. Estudar não lhe fez falta? Perguntou o repórter, e ela disse que não, porque a professora só ensinava algarismos romanos até 100.
    A educação tem os recursos pedagógicos para transformar a humanidade. Quem falhou? Ao invés de ensinar doutrinas religiosas, porque não se ensinam valores? Fé, amor, paz, união, misericórdia, fraternidade, solidariedade? Ensinar ao homem a ser bom é um grande desafio Todas as guerras do Planeta têm origem na doutrina de alguma religião.
    Quando o homem reflorestar as idéias, podar os galhos secos da ira, regar suas raízes no manancial da fé, vai colher os frutos de um mundo oxigenado de amor. O homem equilibrado vai equilibrar o Planeta!
    Ivone Boechat
    Texto de minha autoria

  20. sou tecnico em controle ambiental.acho que nao da mais pra ver e ouvir a natureza clamando por socorro e nao fazer nada.homem infeliz, insensivel,incompreensivel ate quando ferir a mae natureza essa que nunca te deixa faltar nada.por que destruir tanto assim? do que vai viver teus filhos,teus netos tua geraçao futura.
    o homem tem causado danos a natureza mais a natureza tem se irado contra o homem causando lhe tambem danos incomparaveis.agora ou concilia se homem e natureza ou destrui-se um ao outro.
    eu sou a favor que homem e natureza viva em plena hamonia cabe a nós respeita-la.

  21. po eu adorei isso sobre o meio ambiente voces são de ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++ adorei tha !!!

  22. Primeiramente, devemos reciclar bastante e nos conscientizar sobre a situação do meio ambiente no mundo. Todos nós queremos salvar o planeta, só precisamos de uma vontade impulsiva.
    Falar é fácil, o verdadeiro problema é fazer, colaborar e persuadir as pessoas a cuidarem do nosso planeta.
    Devemos melhorar a questão da poluição, que nos dias de hoje está no auge ; porém com esses pensamentos da sociedade, onde só o que importa é dinheiro, a situação piora. Temos que nos empenhar ao máximo, pois se cada um fizer sua parte, já conseguimos salvar uma grande parte do planeta.
    Se nos unirmos contra essa brutalidade toda, podemos evitar que coisas piores, do que já estão acontecendo hoje, aconteça. Só não podemos demorar para reverter a situação, pois quando nos “ligarmos”, pode ser tarde demais.

Comments are closed.