13ª Expotchê

Na correria dos últimos dias, muito a escrever e pouco tempo.

Ontem, dei uma passada na 13ª Expotchê. Fica a propaganda para os de Brasília – a feira está ótima, muito melhor que nos últimos anos. Mais expositores, várias novidades e preços para todos os bolsos. Além dos muitos quitutes, claro.

Por exemplo, estão vendendo um tal “chope de vinho“. Ca-la-ro que tive de provar. É um vinho bem doce, com muito gás. Ótimo para dar porre.

E tem também sangria de vinho. Como gosto de sangria e há tempos não tomava, não podia perder a chance.

Agora, sem ter comido quase nada durante o dia, imagina o efeito de tanto vinho suave. Fiquei alegrinha que era uma beleza. Não que esteja reclamando – eu estava mesmo precisando de uma injeção de vinh… digo, de ânimo.

O efeito colateral foi a mão-aberta, que resultou em grave perigo para a minha conta bancária.

Dica: os ponchos estão lindos – no primeiro corredor (o mais próximo das churrascarias), uma loja (acho que é a “Sul de Minas”) vende uns maravilhosos, de chenile, bem quentinhos.

E queria falar de Carandiru, que passou ontem na tevê, mas fica pra outro dia, porque agora preciso correr…

Utilidade Pública

13ª Expotchê
O que: feira com expositores do Sul (e alguns daqui, também) – roupas em lã, linha, couro, calçados, cuias, comidinhas gaúchas etecétera.
Onde: Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade
Quando: até 12/06, próximo domingo.
Horário: de segunda a sexta, das 16h às 22h; sábados e domingos, das 11h às 22h.
Preço: a pior parte – R$10,00 a inteira. Acho uma exploração, de verdade, especialmente levando-se em conta que as pessoas vão gastar lá dentro. Estudantes pagam meia entrada. Crianças até 10 anos não pagam. Gaúcho pilchado (vestido a caráter) também não.
Estacionamento: outra complicação. R$3,00 para guardar o carro não muito perto, sem contar o tempão de espera para entrar no estacionamento. Melhor parar no meio-fio, ou na rua que passa por fora do Parque – a melhor opção.

12 thoughts on “13ª Expotchê

  1. Olá!!!

    A-d-o-r-o essas feiras!!! Pena que eu estou longe de Brasília… Também adoro tricô. Fazer e, principalmente, comprar. rs

    Mês passado teve uma feira de malhas aqui em São Paulo para o GRAAC, mas nem deu para gastar muito… Os ponchos deles estavam entre 40 e 60 reais.

    Beijos

  2. Se der eu passo por lá!
    Passa lá no blog depois que tem novidades mil!!! E eu estou super feliz!! \:d/

  3. bem que podia ter uma feira dessas aqui!
    Tenho alguns bares aqui em Cps que vendem o chopp de vinho e realmente são muito bons e dão um fogo danado…rs

    Boas festanças. Beijus

    PS: Quanto ao dia dos namorados, tô estrassada com isso, só deveria existir uma comemoração dessas, quando todas as pessoas estivessem acopanhadas! arght!

  4. Olha só, eu tinha ficado totalmente decepcionado com essa feira, depois da edição do ano passado. Mas sabe que você acabou me dando uma vontadezinha de conferir este ano? 🙂 Beijo!

  5. Caraca, sumi daqui! Toda vez que venho postar algo da errado, mas que saco!

    Quando vai ter festa junina ai?! Junho agora ou julho?!
    Beijos

  6. eu adoro essas feiras!

    pena que essa aí tá muiiiiiiiiiiito longe de mim….

    beijocas, cuidado com o vinho e tira literalmente da cabeça essa idéia de água oxigenada no cabelo!

  7. A última vez que eu tomei sangria fiquei passando mal durante cinco dias! hehehe…
    Mas eu adoro vinho. Esse chopp de vinho deve ter sido muito bom!

  8. Aqui já existe chopp de vinho um tempão, quem trouxe foi o Bar do Bexiga e logo-logo devidamente copiada por outros bares.

    O chopp é uma delícia, mas “pega” rapidinho…risos

    Beijocas e Bom Final de Semana

  9. Fui, vi e gostei!!! O jantar de hj aqui em casa foram uns salames e queijos que eu comprei lá na feira, com vinho, pães e, de sobremesa, chocolates de Gramado (claro!). Só não achei os tais ponchos de chenile…
    Bjo!

  10. Cris, por aqui tinha de todo preço. O de chenile é mais caro, mas é maior e mais quente que o padrão. E, como sou friorenta, foi o que acabei comprando.

    Gau, você tem todos os motivos pra estar radiante! Adorei te ver pessoalmente ontem e poder dar os parabéns cara a cara!!

    Tathiana, é verdade. Esse acabou sendo um texto de utilidade pública bem local…

    Shumyara, dia dos namorados caindo no domingo, então, é duplamente estressante!

    Pablo, ano passado também fiquei frustrada. E aí, foi lá este ano?

    Ana, o mês forte é junho, mesmo. Mas algumas ficam para julho, debaixo de muuuito frio (para os meus padrões, hehehe).

    Mônica, definitivamente, abandonei a possibilidade da água oxigenada – muitas opiniões desfavoráveis!

    Tiago, obrigada pelo elogio! 🙂

    Samuel, é uma delícia, mas é daqueles vinhos que dão uma ressaca medonha se consumidos em excesso!

    Doidivanas, realmente, um copo já começou a dar efeito, hehehe. Pena que em Brasília não tem nenhum bar que venda… só ano que vem, na próxima feira.

    Lulu, deu água na boca! E hoje acho que você acha os ponchos!

    Bjos a todos!!!

Comments are closed.