Enquete: os gastos com o Pan-americano 2007 valem a pena?

Em comentário de 18 de maio de 2007, Juca Kfouri destacou alguns pontos do relatório do Tribunal de Contas da União sobre o Pan-americano Rio 2007, dos quais menciono dois:

  • A estrutura é superdimensionada, quase suficiente para abrigar as Olimpíadas. O Pan poderia ser realizado com menos obras, adaptando a estrutura já existente no Rio de Janeiro.
  • O orçamento federal atual é dez vezes maior que o inicialmente proposto, em 2002.

Pesquisando pela web, é possível encontrar números exorbitantes. Alguns exemplos:

Conhecendo os políticos e empreiteiros deste país, é mesmo difícil acreditar na lisura e no bom uso dos recursos públicos em tantas obras.

Há quem diga que, apesar de astronômicos, os gastos valem a pena e devem ser vistos como um belo investimento. Um Panamericano bem organizado atrairá milhões de reais em turismo, tanto durante sua realização quanto no futuro, pois contribuirá para melhorar a imagem do Brasil no exterior. Além disso, as instalações esportivas serão aproveitadas pela comunidade local, especialmente pela população de renda mais baixa.

Quem afirma que os gastos são descabidos destaca os graves problemas que o Brasil em geral, e a cidade do Rio de Janeiro em particular, têm em todas as áreas fundamentalmente importantes: educação, saúde, segurança, habitação. Argumenta-se que os bilhões gastos no Pan poderiam ser melhor empregados em políticas públicas duradouras e acrescentam que a maioria do povo carioca não irá usufruir dos eventuais benefícios trazidos pelo evento “para inglês ver”.

O Dia de Folga quer saber o que você acha:

Os gastos com o Pan-americano 2007 valem a pena?

  • Sim, pois reverterão na melhoria da imagem do Brasil e da qualidade de vida dos cariocas.
  • Não, os recursos deveriam ser usados para resolver os graves problemas do Rio de Janeiro.

A enquete está na barra lateral do DF e ficará no ar até o fim dos Jogos. Participe!

Atualização em 28 de junho de 2007: a Veridiana, do 30&Alguns e do Geek Chic (só hoje descobri que são da mesma autora), está listando os textos dos blogueiros sobre o Pan 2007. Vale a pena passar por lá e conhecer opiniões variadas sobre o tema.

35 thoughts on “Enquete: os gastos com o Pan-americano 2007 valem a pena?

  1. Como carioca, entendo que não. A começar porque o programa de implementação dessa nova estrutura necessária para o Pan dificilmente será completado até a abertura dos jogos. Segundo, os número já deixam bem claro que essa história está esquisita. Os preços inflaram demais.

    Por último, o setor que poderia ser o mais beneficiado, transporte coletivo, continua a mesma coisa de antes. Algumas empresas estenderam seus tentáculos sobre novas trajetórias, mas que são “exclusividade Pan” e devem morrer depois do Pan.

    Um medo do carioca é saber como nossas ruas ficarão em dia de competição. Tem gente dizendo que vai tirar férias durante o evento para fugir da cidade (como já ocorre no Revéillon e no Carnaval).

  2. Olá Lu,
    conheci seu blog hoje adorei e linkei, tá lá no meu agora.
    E outra eu ta,bém fiz minha lista de 101 coisas…portanto, se puder, passa lá.
    Boa semana

  3. O que eu questiono é: para que Pan Americano no Brasil? Aqueles 180 milhões não fariam maravilhas no nordeste, por exemplo?

  4. A bem da verdade é: valeria a pena, se não houvesse desvio de dinheiro.

    O preço da reforma do Maracanã por exemplo, foi equivalente ao custo de um estádio novo de ponta construído na Alemanha. Que estranho não?

    Todas as obras foram super faturadas e ninguém explica o porquê.

    Se fosse num país menos corrupto, valeria muito a pena. O problema é que, tratando-se de Pan Americano, qual país tem menos corrupção? Venezuela? Colômbia? HA – HA

  5. Lu, acho que isso ta valendo não … eles estão inclusive tirando dinheiro de outros lugares pra tapar o buraco.
    As crianças das escolas municipais estão comendo arroz, feijão e ovo e macarrão com salsicha há meses … lámetavel despir um santo pra cobrir o outro !
    beijos

  6. Bem, tem diversos pontos que precisamos levantar antes de responder:

    1. As obras ficaram maiores do que deveriam sim, pois o comitê organizador do PAN se transformará no Comitê Organizador das Olimpíadas no Brasil. Por isso o projeto é maior do que deveria.

    2. O investimento planejado era bem inferior ao retorno esperado. Parece que o PAN movimenta cerca de 700 milhões de dólares para o país. Se os custos não tivessem ultrapassado tanto a estimativa inicial, valeria muito a pena. Porém, se considerarmos que houve investimento prévio para uma possível Olimpíada no Brasil, o retorno do segundo evento, com certeza, compensa os gastos.

    3. Não existe obra do governo sem super-faturamento. Esse é um fato triste, mas é um fato.

    Dito isso, eu acredito que, de maneira geral, vale a pena. O dinheiro poderia ser investido no Nordeste sim, mas o Nordeste obterá retorno com a visibilidade que o país vai ter lá fora. O Nordeste vai ganhar com turismo e etc.

    Resumindo, mais do que um simples gasto de recursos, o que está sendo feito é um investimento. Atrapalhado pelo desvio de verbas, é verdade, mas ainda é um investimento.

  7. Duas palavras sobre o Brasil sediar qualquer evento esportivo internacional: SOU CONTRA. Enquanto nossos atletas correrem em pistas de piso descolando e em campos cheios de buracos, dependerem de favor para ter alimentação decente e não tiverem condições de contar com material esportivo minimamente adequado, o Brasil não pode se dar ao luxo de gastar milhões com obras superfaturadas que, depois dos jogos, ficarão às moscas e sem manutenção. Tudo aos atletas, que, mesmo sem medalha, são os verdadeiros heróis dessa história. Nada à cartolagem e à politicaria, que só sugam e não têm a menor visão para fazer investimentos dignos desse nome.

  8. Olimpíada? Se considerar o que acontece com freqüência neste país, até as tais Olimpíadas chegarem todas essas obras faraônicas (financeiramente) estarão caindo aos pedaços. Assim como a UERJ.

  9. Bah não sei, Lu. Depois de ler todos os comentários, concordo com todos os pontos do Newton e do Tonobo, a Beatriz também levantou ótimas questões.

    Senti falta de mais opções na pesquisa. Até porque o problema do Brasil é muito maior, e não é só dinheiro que resolve, assim como um evento como o Pan transforma o país num epicentro, incentiva a prática de esportes. O problema são todos os desvios, o problema é o apoio torto dado ao esporte no país, o problema é que há muitos problemas a serem resolvidos.

    Mas uma coisa é certa, não precisa daquela papagaiada da tocha. Aquilo é uma grana totalmente desnecessária. E o chato é que querendo ou não, não sei se o povão vai assistir as competições, se o evento será apenas para poucos, como quase tudo no país. Vou pensar mais.

  10. Bia, a pesquisa ficou mais fechada desta vez, concordo. A idéia é apenas retratar a opinião geral. Acho ótimo que os leitores desenvolvam suas opiniões aqui nos comentários e em artigos nos seus blogs, como fez o issamu – afinal, blogs são conversações, e o tema é instigante!

    Na verdade, pensei até em fazer alguma promoção para incentivar textos sobre o assunto, mas faltou-me um brinde legal para sortear… 🙂

    issamu, faltou colocar o /trackback no fim do link para o artigo, por isso ele não foi feito automagicamente.

    Estou contente com o debate, continuem! 😀

  11. Eu votaria em uma terceira opção da enquete, Lu.

    Após assumir o compromisso de sediar o Pan, a pior coisa que poderia acontecer seria *não* realizar o evento. Isso iria prejudicar a imagem – e a economia – do país em diversos níveis.

    A opção que gostaria de ver é:

    “O Pan valeria a pena sendo realizado dentro do orçamento previsto. Do modo como foi feito, apenas impediu um vexame internacional e levou muito dinheiro para mão de alguns oportunistas.”

    Bj,

    Guilherme
    http://www.papodehomem.com.br

  12. Eu concordo com o Tonobohn. Valeria a pena, se as obras não fossem superfaturadas.
    É o que eu sempre digo, o que diriam os senadores (políticos) romanos, se conhecessem os nossos…

  13. No atual momento que o pais vive e que o mundo estar passando porque nos questionar, sera que vale apena o dinheiro investido no evento desportivo que em primeiro lugar vai ser assistido presencialmente por aquelas pessoas que podem pagar, por uma elite que destroi seu povo a cada dia que passa. Porque nos perguntar se o gastos de dinheiro publico no pan e necessario se não é nossos filhos que estão passando fome pelas ruas, se não é nos que estamos 10 anos desempregado por que o pais não gera emprego, pra que se preocupar com gastos com o pan se não foi nossos filhos ou parentes que foram asassinados por bandidos, se o dinheiro do nosso trabalho que vai todo em impostos é roupado por uma classe que já perdeu sua dignidade a muito tempo não tem mas respeito por sua familia esses politicos vai ter respeito por um povo que pra eles são apenas produtos descataveis. A cada dia que passa eu me pergunto pra que pensar nos absurdos de dinheiro gastos pelo pan se eu só me preocupo com a minha maravilhosa vida pra não pensar em outra coisa e essas coisas mal me levar pra uma depressão, quando perceper que minha vida não é nada do que adianta eu ter comida na mesa se milhões de pessoas passam fome do que adianta meu carinho comprado com esforço se milhões de pessoas não consegue nem compra o remedio que precisa, pra que pensar nos gastos do pan se nos brasileiros fomos criados ou formatados para só enchergamos nosso nariz e vivermos dentro de nossa pola de cristal. Que necessidade indiota de pensarmos no gastos do pan se sabemos que mas de 90% da população brasileira nunca conseguira se quer entra no grande palco desse de espetaculo se quer jogar qualquer esporte. Que maravilha esse pan que desperta mas crianças uma enorme vontade de praticar esporte só que descobre que com tanta fome que sentem não tem forças para chutar a pola ou deslocala para qualquer lugar, que felicidade pra essas criancas que sonha que o esporte como diz a globo é pra todos mas quando olham ao seu redor e pra sua realidade só conseguem ver esgoto barro e um destino tragico no meio dos traficantes e das drogas. Que enorme alegria dessas crianças quando ver as lindas disputas do atletismo nesse lindo palco que foi re-contruido para esses jogos, atletas correndo nesse lindo tapete e quando saem de casa só conseguem correr é dos tiros da policia em confronto com os traficantes. Pra que pensar nos gastos do pan se esse dinheiro só daria pra construir 1.000 centros de esporte que estaria dando oportunidade pelomenos pra alguns garotos a estar mas perto desses sonhos e no minino nessa hora de aula de desporto não estariam correndo na rua de confronto de policia e ladrões.Eu termino esse comentario refletindo pra que pensar nos gastos de um pan americano se o Brasil não tem mas jeito se as coisas nunca vão mudar então o melhor é fechamos nossos olhos taparmos nossos ouvidos e vigirmos que nada de errado estar acontecendo e continuarmos vivendo nossa vidinha tentando sobreviver da forma que dá, essa é nossa realidade.

    Robson brito de salvador/BA

    Uma visão diferente da vida.

  14. Vale a pena sim, o esporte é a única coisa que traz alegria para este país com tantos políticos corrupto. Se não fosse o pan amaricano eles encontrariam uma outra maneira de desviar dinheiro, já que isso eles sabem fazer muito bem….cambada de safados!!!!
    Esse avião que caiu devia estar cheio de políticos lá dentro e não de pessoas inocentes….
    valewww

  15. Depois do Pan, já se tem noticia se o investimento de 1,5 bilhões de reais valeu a pena? pq eu ainda acho q não.

    quem tiver alguma fonte mande aew..

    abrs

  16. oiiii eu acho q vale a pena sim e prontooo..
    muito obrigada
    bjaum a todos

  17. Lu conheci hoje o seu blog a matéria é interesante e eu fico revoltado com a idéia de ser passado para traz pelos dirigentes do nosso paíz atravez da confiança dada a eles com o voto na urna. Temos que tomar uma providencia estou pensando em criar uma pagina para manter viva o nome e a imagem desses fraudadores atravez de seus atos para que em outro momento possamos cobrar nas urnas negando a eles nosso voto.

Comments are closed.