Dia de Folga na Porto Fácil

No começo da semana, comentei que o Dia de Folga tinha passado por novas mudanças. Desde fevereiro, é verdade, não tenho tido muita folga por aqui.

Primeiro, resolvi mudar o blog de um servidor windows para um linux, dentro da mesma hospedagem, a tal da Delix, cujo serviço eu utilizava desde 2005. Começou meu calvário. Blog fora do ar ou assustadoramente lento, suporte incompetente e, em alguns momentos, grosseiro. Os acessos ao blog caíram vertiginosamente. Registrei os detalhes em artigo, claro.

Com a paciência esgotada, migrei para a Reticências.Net. A diferença foi da água para o vinho (um bom vinho, por favor). O atendimento da Reticências foi impecável. O suporte foi extremamente atencioso, resolvendo pepinos e respondendo rapidamente às dúvidas. Falando em rapidez, o Dia de Folga voltou a ter um carregamento veloz.

Infelizmente, na primeira semana de abril o Dia de Folga começou a apresentar a velocidade de uma tartaruga. O número de acessos ao banco de dados estava muito mais alto do que o limite da minha conta. Mesmo com os limites ampliados pelo suporte, a velocidade continuava sofrível. Nos piores momentos, o blog chegava a demorar quatro minutos para carregar – tratando-se de internet, uma eternidade e meia. Os acessos despencaram.

O jeito era procurar outra hospedagem. E o medo de ter problemas novamente? Não sou a pessoa mais favorável a mudanças – na verdade, como meu pai fala, sou “inimiga do movimento”. Bom, mas não era uma questão de opção.

Pergunta vai, pesquisa vem, fechei com a Porto Fácil, do Janio Sarmento, blogueiro que já conhecia e cujos textos acompanho. O Dia de Folga está de casa nova desde domingo. A velocidade de carregamento está fantástica. Os acessos voltaram ao patamar normal. Os visitantes não ficam incomodados (afinal, isso era coisa da sua avó) e eu estou com um sorriso de orelha a orelha. A paz voltou a reinar.

A melhor parte é que o Janio também usa o WordPress em seus blogs e entende a fundo a plataforma. Assim, pode aconselhar sobre a segurança dos plugins e avaliar a estabilidade do sistema como ninguém. Eu não poderia estar mais tranqüila e satisfeita. Prevejo um longo e repousante período de folga na Porto Fácil. 🙂

9 thoughts on “Dia de Folga na Porto Fácil

  1. Lu.

    Muito obrigado pela maneira carinhosa com que se refere aos meus serviços e à minha pessoa. Também estou muito feliz que você esteja por perto, e farei o meu melhor para que o Dia de Folga não passe mais por nenhum tipo de aperto. 🙂

  2. Sabe uma coisa engraçada? Onde vou vejo pessoas reclamando que depois que mudaram pra hospedagem Linux o site ficou lento, instável, fica saindo do ar etc. Eu na minha hospedagem windows, nunca tive problemas sérios desse tipo. Já vou pra quase 3 anos usando windows.

    Isso porque Linux é uma maravilha e windows não presta. haha Não defendo nem um, nem outro, mas ta na hora do pessoal começar a rever “conceitos” 🙂

    Na época que eu usava Linux, muitas coisas no meu WP não funcionavam. Passei a usar windows, pronto. Todos os meus problemas acabaram !:)

  3. Coeli.

    A PortoFácil opera sobre Linux.

    Na maior parte do tempo quando ocorrem problemas com servidores o problema não é nem de hardware, nem de software, e sim de peopleware.

    Defender este ou aquele sistema operacional é que é um conceito que precisa ser revisto.

  4. Janio, eu é que agradeço. 😀

    Neto, acho que agora a coisa vai!

    Coeli, a principal motivação para mudar para linux foi a possibilidade de usar permalinks para os artigos do blog – uma coisa simples, mas que melhora tremendamente o ranqueamento pelo google, e é estupidamente fácil em linux e difícil em windows.

    Por mim, funcionar é o que importa, sistema operacional é detalhe. E o Dia de Folga está redondinho. 🙂

  5. Lu, também já passei por esses problemas este ano e eu sei bem como é isso. Desejo que seu blog continue e melhorar cada vez mais…

    Coeli, é preciso analisar caso a caso porque o linux, qualquer que seja a distribuição, não tem culpa que o administrador do servidor o sobrecarregue. Cada servidor tem a sua capacidade, se o sobrecarregar pode ser windows ou linux, vai dar problemas.

    um abraço e ótimo f.d.s.

  6. Janio,

    Gostei do termo peopleware para apagar esse tipo de flamewar! XD

Comments are closed.