Blogueiras e Blogueiros do DF no orkut

Em maio de 2004, quando entrei no orkut, pouca gente tinha ouvido falar desse treco. Não sabíamos o que era, nem para que servia (certo, parece que voltamos àquela época, mas ao menos o conceito de “rede social” é difundido hoje). Ninguém mendigava/brigava/chorava/pagava por convites, porque ninguém conhecia o brinquedo. Um belo dia, aparecia uma mensagem na sua caixa de emails (que ainda não era Gmail) e, depois de se certificar que não era spam ou arquivo malicioso, você se deparava com um questionário enorme e um portal vazio.

A comunidade Brasília, que hoje tem 108.563 membros, mal tinha 200. Praticamente não havia comunidades em português. Aliás, ainda me lembro do ódio mortal dos norte-americanos quando começamos a usar o português nas comunas que eles tinham criado. Não demorou para que surgissem dezenas, centenas de (Preencha a lacuna) Brasil. Depois, vieram a versões para Estado/Cidade/Bairro/Escola/Boteco-da-Esquina. Neguinho começou a criar qualquer coisa, só pra ser “owner”.

Mas o alvorecer do orkut foi bacana. Amigos restabeleciam contatos, novas amizades eram criadas. Não havia pirralhos, nem spammers, nem miguxos. Trolls, claro, já estavam por lá, porque são onipresentes desde que a web é web. Apesar deles, as comunas eram saudáveis e interessantes, trocavam-se opiniões, informações, conhecimentos. Os famigerados jogos não eram uma praga.

Você ia para a “prisão” do orkut quando o Algoritmo Maluco dizia que era a sua vez – mas a polícia federal nem esquentava a cabeça com crimes cibernéticos nesse território. Não era preciso.

Scraps? Só de amigos/conhecidos. Ainda não existiam usuários de programinhas nojentos para enviar propagandas em lote. Nem mensagenzinhas de amizade ou sei lá o quê padronizadas.

*Sigh*… Bons tempos…

Talvez por ter conhecido aquele orkut, ainda acredito que algo de bom pode sair desse enrosco. Chame de idealismo, ilusão, ingenuidade, whatever.

O fato é que criei uma nova comuna: Blogueiras e Blogueiros do DF. A descrição é a seguinte:

Quantos somos? O que fazemos? Como podemos contribuir com nossa cidade?

Blogar é um ótimo passatempo, mas pode ser mais que isso. Pode ser uma excelente forma de conhecer pessoas e, principalmente, de assumir responsabilidade social.

Denúncias, campanhas, redes de solidariedade, blogagens coletivas – podemos fazer muito por meio dos nossos blogs.
_________________________________

Regras da Comunidade:

1. Para participar, você deve morar no DF (Brasília ou cidades-satélites). Além disso, deve ter um blog, obviamente.

2. Miguxos não serão aceitos.

3. Spammers e trolls também estão vetados.

4. Respeito e cooperação são imprescindíveis.
_________________________________

Vamos aproveitar nossos blogs para contribuir com nossa cidade!

A idéia é criar um espaço saudável de convivência e troca de idéias entre os blogueiros do Distrito Federal. Mais para a frente, imagino atuações em campanhas, denúncias, redes de solidariedade.

Se você mora em Brasília, Taguatinga, Cruzeiro, Ceilândia, Guará, Sobradinho ou qualquer cidade-satélite, tem um blog e quer partilhar informações e interesses, sinta-se convidadíssimo/convidadíssima.

Atualização em 10 de abril de 2008: agora, também temos uma lista de discussão, Blogs DF. Se você tem um blog e mora no Distrito Federal, junte-se a nós.

8 thoughts on “Blogueiras e Blogueiros do DF no orkut

  1. Eu tinha vontade de fazer uma coisa dessas aqui pra cidade, mas é perda de tempo.

    Acho que só eu e mais, err… 10 pessoas blogam aqui. haha Zueira. Mas conheço pouquíssimos blogs aqui na cidade.

    Mas um dia quem sabe?

    No mais, orkut é coisa do demônio, mas mesmo assim eu to lá só pra atentar os outros.

  2. Mas olhe que interessante!

    Estava eu comentando o artigo do Janio, no Lucrando na Rede e esqueci de enviar. Quando enviei, já tinha um comentário antes do meu e eu, com essa mania de ir clicando, entrei no seu blog.

    Boa iniciativa. Embora eu não seja um blogueiro praticante já está na minha wish list(há algum tempo, mas agora as coisas andam :])! E, assim que me sobrar um tempo vou reformular todo o site de Sobradinho trazendo, também, um blog pra ele.. Até lá já espero “fazer parte” dessa comunidade.

    Abraço.

  3. É, Lu… realmente “bons tempos” aqueles…

    Torço para que sua comuna dê certo, funcione bem, haja participação efetiva. Da minha parte, devo confessar, já não tenho mais paciência, nem tanta esperança… a única coisa que acabo fazendo nas comunidades que criei/modero é apagar spams… =//

    Tenha um bom dia!

  4. Oi Lu, realmente era muito bom naquela época … hoje está tão estranho com pessoas se cadastrando em sites para lerem scraps alheios, muito spam, uma pena…

  5. Lu!

    Adorei a regra nº 2…

    Estou escrevendo bastante para o novo blog.
    Estou completando 5 artigos e assim que estiver com uma boa quantidade, vou publicar o mesmo.
    Ainda estou com dificuldades em relação ao nome. Engraçado isso né? Escolher um nome para um blog é uma tarefa complicada…

    Em breve, entro na comunidade…

  6. alguém de brasilia conhece Rennnnnato passos barros,filho de yolânda passos barros e Célio Araújo de Barros por favor entre encontato por este e-mail
    jorgelb04@gmail.com

    desde já agradeço

Comments are closed.