Tarefas cumpridas

A gincana pessoal continua, com novos progressos:

20. Mais um conjunto de roupa de ginástica: não propriamente um conjunto, mas uma nova calça “legging” de lycra e algumas camisas estillo “baby-look” de algodão. Isso pra não mencionar as luvinhas (vermelhas, claro!) para ajudar na musculação. E já estou querendo comprar mais umas roupas.

25. Limpar minha caixa de emails: feito e refeito duas vezes, já. No fim das contas, é uma tarefa constante. O complicado foi fazer a primeira limpeza, agora está razoavelmente fácil manter a organização.

55. Trocar o protetor do colchão: transpiro muito enquanto durmo, especialmente porque insisto em usar o edredom, não importando a temperatura. O protetor é uma espécie de forro de algodão fresquinho e macio, que deixa o colchão ainda mais gostoso e protege contra a transpiração. Descobri que não precisava ser trocado, apenas bastava colocá-lo direito…

64. Resolver a infiltração no teto do banheiro: em julho, entrei em contato com a proprietária do meu lar, doce lar. No mesmo mês, falamos com a proprietária do apartamento de cima – afinal, cabia a ela arcar com os custos do conserto. Aí, começou a enrolação. No fundo, entendo perfeitamente a demora da vizinha de cima: o prédio é novo, ninguém espera que dê esse tipo de problema e nem sempre a gente tem dinheiro disponível para uma eventualidade dessas. Enfim, após meses de incômodos crescentes para mim, o conserto foi providenciado. Entre meados de outubro e meados de novembro, tudo voltou ao normal, o banheiro tornou a ser perfeitamente usável e eu acabei ganhando (de mim mesma, é verdade) um novo gabinete, já que o pedreiro fez o favor de quebrar o espelho do antigo (que era feio e baratinho, então achei até bom ter pretexto para trocá-lo).

86. Passar um mês sem comprar roupas, maquiagem ou acessórios de qualquer espécie: essa foi dificílima! Felizmente(?), a troca do carro e a subseqüente pindaíba serviram de reforço para que eu não comprasse nada entre 20 de setembro e 20 de outubro. Nem preciso dizer que corri pro shopping no dia 21, para combater a profunda crise de abstinência que tomou conta de mim.

Tem mais, tem mais… fica pra semana que vem.

9 thoughts on “Tarefas cumpridas

  1. Lu, na moral, voce eh FANTASTICA.
    Primeiro por conseguir passar um mes sem comprar nada. Eu nao consegui passar dos quize dias. E na sua descricao de crise de abstinecia eu consegui me ver perfeitamente. Uma louca correndo pra comprar alguma coisa antes que as convulsoes chegassem…

  2. Adoro ver a relação que as mulheres têm com as compras, essa história de abstinência é ótima!
    :d
    Bju

  3. Lu, a reforma do blog ficou incrível! Tudo lindo!
    Kisses,
    Andie
    =d>=d>=d>@};-

  4. Gostei de ver a seção de feeds.

    P.S.: achei uns emails seus no meu filtro de spam! Mistério! Vou responder, embora seja meio tarde… 🙁

  5. Lu, você já pode dar palestras para outras mulheres e assim, quem sabe, logo todas conseguirão passar um mês sem comprar nada, para desespero total do comércio…rs.

  6. Não conseguiria cumprir uma lista e deixá-la intacta, todos os dias iria acrescentar coisas.
    O protetor de colchão também é legal para quem tem problemas alérgicos.
    Esvaziar a caixa de e-mail? Não consigo, a não ser deletando tudo sem ler! :”>

    Beijus

  7. Meu deus, eu não conhecia esse projeto de 101 coisas em 1001 dias!!! Eu adoro fazer listas, planejamentos… agora vou ter que participar tb!!! Rs… Valeu!

Comments are closed.