Sem-jeito manda lembranças

Eu sou desastrada, todo mundo sabe. Desastrada, desengonçada, apressada, estabanada. Lógico que isso me gera muitos machucados, manchas roxas e esfolados pelo corpo.

O acidente mais recente, no entanto, foi demais até para os meus padrões. Um exagero do mau jeito e da desatenção. Faz dez minutos que sou a infeliz proprietária de um talho de mais de cinco centímetros logo acima do joelho. Está doendo pra diabo e não pára de sangrar. Está inchando. Está ardendo.

Não, não caí, nem me cortei com faca ou tesoura. Náh. Isso seria trivial.

Eu fiz o talho na bandeja da gravadora de cedê. Bem aqui, sentadinha em frente ao computador. Num lugar aparentemente inofensivo. Sozinha. Não posso pôr a culpa em ninguém.

Pelo menos a bendita gravadora continua funcionando.

15 thoughts on “Sem-jeito manda lembranças

  1. E eu achando que essas coisas só aconteciam comigo…

    Bem vinda a minha vida de acidentes “anormais”! 🙂

  2. Também não sou o maior dos cuidadosos, to sempre quebrando , torcendo, estilhançando algo…

  3. Putz, essa gravadora é do quê, metal? :o. Nunca imaginei que essa coisinha insignificante poderia ser tão malvada. Ficarei de olhos abertos a partir de agora :d.

    Ah, melhoras pra ti, Lu.

    Beijos!

  4. Tá ih mais uma coisa de mulher: Viver sempre com uma manchinha roxa em alguma parte do corpo…rs. Coloquei o link lá, espero que Kika receba as ajudas necessárias. Beijus,

  5. Caramba !!! 😮

    E eu achando ruim do “ovo” próximo ao meu joelho esquerdo (coisas do violento esporte bertão)…

  6. Ai que dor!!!
    O rei dos machucados aqui em casa é o Vi, mas eu tenho meus momentos também… Ninguém merece!!!
    Beijos

  7. Sou desastrado e desligado profissional, isso para mim é bem comum…
    mas acho que esse seu machucado Freud explica…essa fixação por vermelho 😉
    Cada vez que entro aqui lembro de Marnie do Hitchcock

  8. Ah eu não sabia que você era desastrada.

    Mas pelo menos você pode contar que foi o punhal do ninja, eu sempre uso essa versão.

    E pois é menina, eu tive que postar por causa do cara do piano…hihihi. Mas é uma pena saber das notícias assim, eu esperava que ele fosse realmente um filme ou algo do tipo. Um bjo.

  9. Certa feita, tentando abir uma caixa de papelao contendo uma estante desmontada dentro, enfiei uma faca na perna. Um horror. Acidentes bestas sao os piores.

  10. Você tá melhor do que eu, pelo sabe onde bateu e cortou. Eu já entrei na fase de (tentar) advinhar onde foi que eu enrrosquei, furei, cortei, etc!
    Beijus

  11. Bom… eu não chego tão longe nos meus pequenos desastres, mas tenho uma tendência impressionante de aparecer com manchinhas roxas por toda a região dos braços e abaixo da cintura. Uma cousa!

  12. 😮
    Vai no hospital ver se nao precisa dar ponto, maluca!!!

    E mais do que eu voce nao e, eu consigo me machucar pelo menos uma vez TODO DIA. Eu sou MUITO estabanada :-w

    Lu, eu realmente nao consegui.
    Nao consigo por a resposta ao comentario porque tudo funciona que e uma beleza, eu faco upload, aparece tudo direitinho, mas na hora que clico em “Responder comentario” da um erro aqui na barra de rolagem de baixo. Sabe quando nao abre?! Ta bem assim. Muito triste.
    Depois olhei altos plugins que voce mencionou, mas eu nao sei instalar nada, sou um mogno quando se trata desses plugins viu. Beijos

  13. Eu uma vez consegui grampear dois dedos. Para tirar o tal grampo depois é que foi difícil. :d

  14. Oiii não fike assim!!!
    pensei que era a unica sem jeitO do mundo!!!
    BEM VINDA A VIDA DOS DESASTRADOS!!
    beijO*

Comments are closed.