O Amor Não Tira Férias

Ficha Técnica

The Holiday. EUA, 2006. Comédia romântica. 138 minutos. Direção: Nancy Meyers. Com Cameron Diaz, Kate Winslet, Jude Law e Jack Black.

Iris Simpkins (Kate Winslet) escreve uma coluna sobre casamento bastante conhecida no Daily Telegraph, de Londres. Ela está apaixonada por Jasper (Rufus Sewell), mas logo descobre que ele está prestes a se casar com outra. Bem longe dali, em Los Angeles, está Amanda Woods (Cameron Diaz), dona de uma próspera agência de publicidade especializada na produção de trailers de filmes. Após descobrir que seu namorado Ethan (Edward Burns) não tem sido fiel, Amanda encontra na internet um site especializado em intercâmbio de casas. Ela e Iris entram em contato e combinam a troca de suas casas, com Iris indo para a luxuosa casa de Amanda e esta indo para a cabana no interior da Inglaterra de Iris. Logo a mudança trará reflexos na vida amorosa de ambas, com Iris conhecendo Miles (Jack Black), um compositor de cinema que trabalha com Ethan, e Amanda se envolvendo com Graham (Jude Law), irmão de Iris.

Mais informações: Adoro Cinema.

Comentários

3,5 estrelas

O que me chamou a atenção e motivou-me a ver esse filme foi o elenco. Kate Winslet e Jude Law protagonizaram dois dos meus filmes favoritos, Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças e Closer. Jack Black tem um ótimo papel em outro da minha lista de Top 5 (claro…), Alta Fidelidade (baseado em livro, que também virou peça teatral). Cameron Diaz já provou que é mais do que apenas um rostinho bonito e tem boas atuações em excelentes filmes (Shrek, Minority Report, Vanilla Sky). Assim, rendi-me a um típico romance-água-com-açúcar-de-fim-de-ano.

A sinopse já mostra como a história é previsível. Não espere grandes reviravoltas, nem emoções tumultuadas – não é para isso que comédias românticas existem, afinal. Elas são feitas para alegrar o espírito, acalmar o coração e reacender velhas crenças em amor verdadeiro, paixão à primeira vista, essa bobagem “mulherzinha”. Nessa missão, o filme é bem-sucedido. Como toda boa produção de fim de ano, O Amor Não Tira Férias ainda cumpre o tradicional papel de deixar uma mensagem de esperança diante do novo ano.

A direção de Nancy Meyers (responsável, também, por Alguém Tem Que Ceder e Do Que As Mulheres Gostam) é boa, o elenco está excelente. A trilha sonora é de primeira, com um quê de bossa-nova. De quebra, o filme faz referência a várias produções norte-americanas, tanto antigas quanto mais recentes, e brinca com músicas famosas e com a criação dos trailers, cativando os cinéfilos. E tente reconhecer os figurões que aparecem numa das cenas finais.

Quer se divertir assistindo a uma comédia bem feita e sair mais leve do cinema? Coloque O Amor Não Tira Férias na sua lista de programas de férias.

9 thoughts on “O Amor Não Tira Férias

  1. Confesso que fui assistí-lo com uma amiga e não gostei, achei besta, chato, detestei aqueles diálogos da Cameron dizendo que tudo era complicado e a falta de cenas do romance da Winslet com o Black, parecia que ela ia ficar com o velhinho no final. Enfim, eu estava possuída pelo exu de uma mulher amargurada.

    Então, eu tinha que dar um presente para mamãe e ela queria ver esse filme. Lá fui eu com todo meu amor e carinho por ela, comprei pipoca e tudo mais. Adorei o filme, as cenas em que a vida de Amanda é narrada como trailer e as filhinhas mágicas do Sr. Guardanapo varreram todo meu mau humor. enfim era outro dia, outro cinema…rs.

  2. Assista Volver, é um filme excelente!
    Gostei da sua indicação, já é a segunda pessoa que me recomenda O amor não tira férias pelos mesmos motivos!
    Ontem loquei o Moça com brinco de pérola, já viu? Eu gostei da adaptação, com base no romance homônimo. A fotografia é linda. Se vc gosta de pintura e Veemer, certamente vai gostar. Ainda quero montar uma videoteca com filmes sobre pintores famosos!
    Abraços!

  3. Lu, foi muito bom voc~e falar sobre ste filme, queria assistir,mas tava meio na duvida !
    Que ótimo saber que é legal !
    Po, voc~e que curte cinema, conhece o flixter ? Se não conhece, vale olhar é super legal !
    Beijos

  4. Olaaa! Eu achei adorei ofilme Amor nao tira ferias! Talvez pq eu estava bem sensivel emocionalmente no dia!! hehehe
    Pois entao, vi no site aqui q vc fez uma resenha com os “furos” de A casa do lago, mas nao a publicou. Gostaria q vc me mandasse no meu email. Percebi tb mts furos e gostaria de compara-los com os seus!
    obrigado!!!

  5. eu ajei isto a maior betera eu presiso de uma pesquisa sobre o tiradenter

  6. Eu adorei o filme, fiquei ligado o tempo todo, tem cenas de romance com um ar de comédia e fora os belos lugares que o filme foi gravado e ainda tem a amizade da garota com o velho que deu mais um ar de humanidade e achei o filme maravilhoso.

  7. Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças = mto ruim, péssima historia e um final infantil e ridículo…

    agora o amor não tira férias, perfeito… boa dica

  8. eu ja assisti esse filme mais de 10 vezes,eu amo esse filme,adoro o elenco e principalmente o chalé da iris,eu tenho ele em casa e assisto toda x q sinto saudades dos personagens,é uma história linda porém simples,a parte onde a iris conhece o artur,nossa,achei lindo,sencivel,eu recmomendo bj

Comments are closed.