Macarrão ao Molho de Lula

Meu avô já dizia: um monte de coisas boas misturadas tem que resultar numa comida gostosa. Vai daí que, dia desses, abri a despensa e segui essa máxima. O resultado? Um macarrão leve, saboroso e que só não ficou mais bonito por causa das tais lulas – mas isso eu explico no final.

Ingredientes

Macarrão ao Molho de Lula - Alguns Ingredientes

  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 cebola média picadinha
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 lata de lula de caldeirada pronta para o consumo
  • 2 tomates maduros grandes, sem pele e sem sementes, picados
  • 1 xícara de água
  • 6 folhinhas de manjericão
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • Meia xícara de vinho branco seco
  • Meia caixinha de creme de leite light (100 gramas)
  • 200 gramas de macarrão prafuso (fusilli)

Você também precisará de

Preparo

Molho

Macarrão ao Molho de Lula - Primeira Etapa do Molho O preparo de toda macarronada começa pelo molho.

Refogue a manteiga, o alho e a cebola, até que ela fique macia e brilhante – não deixe queimar. Prefiro usar fogo baixo, justamente para não correr o risco.

Abaixe o fogo (se ainda não o fez). Acrescente a lata de lula e refogue por uns 2 ou 3 minutos.

Macarrão ao Molho de Lula - Segunda Etapa do Molho Junte os tomates picados e deixe que formem o molho, em fogo baixo. Demora um bocadinho, uns 15 ou 20 minutos. Aqui, entra também a xícara de água. Vá colocando aos poucos, para ajudar na formação do molho, mas tenha cuidado para não deixá-lo muito ralo.

Enquanto os tomates derretem, adicione as folhas de manjericão, o sal e a pimenta-do-reino. Prove para corrigir o tempero.

Quando o tomate tiver sumido (ou quase – às vezes sobram uns pedacinhos, não faz mal), derrame o vinho branco. Deixe ferver por uns 3 minutos. Se o molho estiver grosso demais, coloque mais um pouco d’água.

Desligue o fogo, acrescente a metade da caixinha de creme de leite e mexa bem, até o molho ficar homogêneo. Sirva imediatamente.

Macarrão

Macarrão ao Molho de Lula Durante o preparo do molho, coloque a água do macarrão para ferver (calcula-se 1 litro d’água para cada 100 gramas de macarrão) com uma colher (sopa) de sal.

Quando ferver, jogue o macarrão de uma vez, dê uma mexida com uma colher de pau e marque o tempo recomendado na embalagem. O macarrão deve sempre ficar al dente, ou seja, ligeiramente resistente, mas macio. Ele deve ser mastigável – nada de deixá-lo virar papa.

Despeje o macarrão no escorredor, abra a torneira da pia e dê uma rápida passada d’água fria por ele. Isso serve para “lavar” o amido e interromper o cozimento, garantindo que o macarrão não grude e não passe do ponto. Arrume numa travessa e sirva.

Dicas e Complementos

A tal “lula de caldeirada” é uma espécie de conserva de lula feita com óleo, tomate e condimentos. Poderia ser uma maravilha, mas… bem, olhe a foto da caixa e compare com o conteúdo (já meio escorrido – era óleo demais, escorri uma parte e só lembrei de tirar a foto depois).

A diferença entre a embalagem e a realidade

Meu conselho? Procure outra marca. Ou substitua a lula por atum enlatado em pedaços, ou por filezinhos de camarão.

O ideal é que a massa e o molho fiquem prontos ao mesmo tempo. Como sou meio descoordenada, fiz o molho primeiro, exceto a parte do creme de leite; cozinhei o macarrão; religuei o fogo do molho e, enquanto esquentava, escorri o macarrão; desliguei o fogo e acrescentei o creme de leite. Fica a dica para os descoordenados como eu.

Por Baco, não use vinho porcaria para cozinhar. É apenas meia xícara – use o vinho que você tomará na refeição.

Aliás, esse macarrão fica excelente servido com um bom vinho branco. Uma saladinha de entrada também cai bem.

  • Tempo de preparo: 40 minutos
  • Grau de dificuldade: fácil
  • Rendimento: 2 porções (para pessoas não-esfomeadas)

11 thoughts on “Macarrão ao Molho de Lula

  1. Menina, e pensar que eu ainda não tinha assinado seu feed! Problema resolvido! Agora posso recriar receitinhas como essa!!!

  2. “Refogue a manteiga, o alho e a cebola”
    claro que imaginei o cheiro bom que subiu ..eheheh
    receita salvadíssima…os rangos do fim de semana estão ficando com cara do dia de folga, ehehe!

    =)

    beijo Lu.

  3. Oi Lu, me tira uma dúvida, posso substituir os tomates pelo molho de tomate pronto sem prejuízo do gosto? Porque daí não precisaria do vinho não é?

  4. Karinny, bem-vinda ao feed e boas recriações – é assim que surgem receitas sempre melhores.

    Emily, bom saber que as receitas estão sendo aproveitadas!

    Bruno, dependendo do tamanho da pessoa e da fome (sabe aquela de 3 dias?), é só uma porção mesmo. 😛

    Meyviu, o vinho dá um sabor todo especial, mas você pode substitui-lo por um pouco mais de água na segunda parte da receita do molho, só para que ele não fique espesso demais. Você pode, sim, usar molho de tomate pronto, mas ele não compensa a ausência do vinho e esconde um pouco o sabor da lula/camarão/atum.

  5. Receita interessante, apesar de não ser o tipo de coisa que eu comeria 😛
    De qualquer forma, certas coisas não são muito boas de se comprar em conserva.

  6. uma duvida pode ser vinho tinto em vez de branco no molho com lula e camarão ,obrigado espero a resposta

  7. exelente recitas e tenho uma duvida ,pode usar vinho tinto en vez de branco ,obrigado

Comments are closed.