Intuição e outras coisinhas

Intuição é aquela voz interior que você só sabe que devia ter escutado quando já quebrou a cara.

* * *

Sabe, eu acredito que existe uma lei cármica. Acredito, também, que ela é amiguinha da Lei de Murphy. As duas andam de mãos dadas, passeiam juntas pra lá e pra cá, vão ao cinema e ao Mc Donald’s todo sábado.

Por isso é que a lei cármica só funciona para o mal.

É assim: se você faz uma coisa ruim pra alguém (vamos, sem hipocrisias – todos magoamos os outros de vez em quando), um outro alguém vai fazer a mesma coisa ruim pra você. Se você faz uma coisa boa, esqueça qualquer possibilidade de retribuição.

Olha, eu só espero que as pessoas que já aprontaram comigo recebam o troco. Só isso.

* * *

– Ai, minha vida está tão bagunçada…

– Há! Agora me conta uma novidade!

– …

(Precisava tanta sinceridade, precisava?!)

30 thoughts on “Intuição e outras coisinhas

  1. Lu!

    A Lei de Murphy e a Lei Cármica existem sim! Isso já foi comprovado cientificamente! rsss

    A propósito! Venha para Sâo Paulo no final de semana do dia 29/10 (é meu aniversário!!!) O Thiago me contou que vc vem pra cá. Agora eu já sei ir sozinha de metrô na 25 de março e na José Paulino! Podemos combinar de ir lá dar uma voltinha básica! rss

    Beijos

  2. Essa Lei de Murphy aí… eu odeio!!!!!

    Gelei com esse post, tentando me lembrar de todas as maldades que eu já fiz na vida :-O

    Bjos, Lu!

  3. Olá!!!

    Meu, eu sou “maior boazinha”, mas das poucas maldades que saem de vez em quando eu recebo o troco com juros e correção monetária…

    Do Murphy eu nem falo nada… Minha mãe é a prova viva de que ele estava certo… rs

    Beijos

  4. Ah eu tô morrendo de vontade de ver Coisa mais linda.

    Espero que Murphy e a Kármica não vá também. Êta casalzinho que só sabe ficar atrapalhando os outros.

    Eu não espero necessariamente que as pessoas levem o troco, mas gosto quando elas percebem que bem… eu era bem melhor que elas. Isso acontece.

  5. … e eu já falei que Murphy alimenta um amor irreversivelmente platônico por mim, né?
    Agora vejo que ele está desistindo de me conquistar e que joga olhares sedutores para a ruiva…
    .
    Se tenho ciúmes?
    .
    Sinceridade?

    Bem que a gente poderia unir forças e traçar logo um plano kármico… mando Murphy lá-pra-lá…
    Beijo!

  6. É incrível! Essa lei de murphy nao me deixa.
    E coisa ruim sempre, SEMPRE, volta. As coisas boas é que a gente as vezes nao percebe. Quando eu vou pra parada de onibus e ele chega um minuto depois. Isso, pra quem espera por mais de meia hora, é com certeza, uma boa ação voltando.

  7. Lu, a Bel do Pássaro Raro voltou!!! Só falta agora descobrirmos o paredeiro da Criatura e a Moça 😉

  8. =))=))=d>^:)^
    Genial!!!
    “Se você faz uma coisa boa, esqueça qualquer possibilidade de retribuição”
    And so it is… aliás, muito bom vc ficar cantando junto comigo!
    O blog tá lindíssimo. O azul fica mesmo melhor. Adorei as ruivas, absolutamente qualificadas, como a dona da casa!
    Um dia, quando Karma e Murphy estiverem dormindo ou fazendo coisa mais lasciva, talvez consigamos acessar o MSN na mesma hora!!! risos
    Kisses, my dear
    Andie

  9. Olha, se vocês querem ficar aí disputando pra ver de quem Murphy e a tal Kármica gostam mais, podem ficar com elas, à vontade!!! Ótimo post Lu! bjs.

  10. kakakakaka!
    Eu não quero estar nesse cinema e nesse Mc Donald´s quando as 2 estiverem lá! Deus me livre!

  11. Linda, não quer ser Polyanna, mas te falo: o mundo também dá volta para nos beneficiar. O problema é que estamos sempre tão envolvidos com nossos dramas nossos de cada dia que acabamos não percebendo quando estamos POR CIMA.

  12. KAkakakaka! Não conhecia essa lei kármica! 🙂

    Mas voltando ao assunto do post … tá na hora de fazer novas amizades ….

  13. oheouheoueh, concordo com vc Lu, qd a gente faz o mal, o mal vem, agora qd somos almas q reservam o dia para fazer o bem, nada acontece. AFFF.
    menina, aos poucos estou voltando. beijinhos

  14. Eu também achava isso, que não recebíamos a retribuição. Mas nós recebemos sim, pode ter certeza disso. Olha que eu sou o pessimismo em pessoa, mas várias vezes recebi a retribuição das minhas boas atitudes. O problema é que ficamos cegos enxergando apenas o lado ruim das coisas e não percebemos quando as boas chegam 😉 As vezes chegamos até mesmo a achar que a boa é ruim.

  15. Murphy é um maldito, se eu encontrasse o quebraria no meio, hehe :d. Apesar de sentir na pele essa verdade verdadeira de que as coisas boas que fazemos não são retribuídas, ou quando são, demoram muito, continuo na minha. Melhor ir dormir baqueado, mas com a consciência tranqüila, do que o contrário :)>-.

    Beijos Lu!

  16. Infelizmente as pessoas têm essa visão negativa do karma. Não é bem assim… O que acontece é que a gente tem a péssima mania de ficar remoendo as coisas ruins e esquecer das boas num piscar de olhos.

  17. Eu tenho tentado comentar aqui há 2 dias e está dando pau direto Lu, acho que meu computador é retardado…

  18. Engraçado, eu JURAVA que já tinha deixado um comment por aqui, mas enfim…

    De uns tempos pra cá (graças a uma coisa ótima chamada “experiência”), tenho adquirido um dom muito interessante: o detector de VDM (vai dar merda), vulgo roubadômetro

  19. igual aqui…bagunça generalizada…

    Murphy e Karma me chamaram pra um passeio…aceitei não

    beijos e bom finde pra ti

  20. Eu só quebro a cara, quando não escuto a intuição e as vezes sinto que ela pega pesado…muito pesado! E eu tenho um serissimo problema com Murphy! :-w

    Uma coisa é certa, castigo vem a cavalo, oh se vem!!! :d

    Beijus

  21. 🙂

    Também acredito em lei cármica, na lei de murphy e que a sinceridade às vezes dói muito!

    Beijocas!!!

    🙂

  22. Lu, nem me fala em vida bagunçada, a minha, como sempre, está um caos… mas quanto ao karma, eu acredito, piamente, que funciona, sim, e dos dois lados…

    Você viu meu comentário sobre “o que tem a ver com a mulher”? demorou mas saiu 🙂

    Beijoca!

Comments are closed.