Dia de Folga » Opinião com gelo e laranja.

Filmes Preferidos

Publicado em 27/04/2007, em cinema, notinhas. Tags: , , , ,

Não é novidade que sou cinéfila. De vez em quando, alguém me pergunta qual é meu filme preferido, ou pede uma listinha. Para mim, é tarefa complicada, já que gosto de vários gêneros – como colocar numa mesma lista Jornada nas Estrelas VI – A Terra Desconhecida e Volver, por exemplo?

Por outro lado, alguns fimes marcam demais, e a gente se pega sempre revendo, recomendando e citando. Eu poderia pensar em uns 20 (incluindo os dois acima) mas, atendo-me ao propósito da categoria Top 5, aqui vai uma listinha abreviada:

1. Closer – Perto Demais. Encabeça qualquer listinha de cinema que eu faça. É daqueles filmes para manter na coleção e rever de vez em quando, especialmente se você começa a acreditar que o mundo é cor-de-rosa e papai noel existe. É de um cinismo contundente e de uma clareza inegável.

2. Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças. Contrabalança, de certa forma, a secura de Closer, mas não chega a ser piegas. Um dos poucos filmes em que o Jim Carrey não incomoda. O roteiro é do sempre instigante Charlie Kaufman e provoca uma reflexão sobre nossas próprias memórias – se você pudesse, desejaria apagá-las para sempre?

3. O Auto da Compadecida. Melhor filme nacional de todos os tempos. Elenco primoroso, diálogos deliciosos e cenas inesquecíveis. Alguns filmes tentaram imitá-lo, mas só O Auto da Compadecida não tem cheiro, não deforma e não solta as tiras. Qual o segredo? “Não sei, só sei que foi assim…”

4. Grease – Nos Tempos da Brilhantina. Fã de musicais como sou, tinha que citar um para representar o gênero e Grease é imbatível. Se eu acordar às quatro da manhã e a tv estiver ligada, passando as aventuras de Danny e Sandy, pode apostar que ficarei acordada até o fim, cantando cada música junto com os personagens.

5. Alta Fidelidade. A história dos amores frustrados de Rob Fleming funciona bem em qualquer linguagem: livro (a sua forma original), filme e peça teatral. De quebra, traz uma trilha sonora imperdível para os roqueiros de plantão. O protagonista era viciado em fazer listas “Top 5″ como esta.

Quais filmes estão na sua listinha?


14 comentários para “Filmes Preferidos”

  1. Ronaldo disse:

    Acabo de rever um dos meus favoritos: Scanners. Quando eu era moleque e vi pela primeira vez o sujeito explodir a cabeça de uma pessoa só com o pensamento, pensei: “quem não ia querer um poder desses?” :)

    Difícil deixar Cronenberg de fora de qualquer lista minha: A Mosca, Scanners, Videodrome, Crash. Só filmes “leves”.

  2. Paulo Villela disse:

    Lu,
    Também gosto muito de filme e cinema.
    Dos que você citou, já assisti Closer e Grease – Nos tempos da Brilhantina. Gosto dos dois tb!
    Na minha lista o top é o Gladiador, gosto muito desse filme.

  3. Filmes Preferidos

    A Lu, do Dia de Folga escreveu sobre seus 5 filmes prediletos e pergunta aos seus leitores sobres suas listas.

    Fazer listas de 5 coisas prediletas ? sempre dif?cil… mas eu incluiria os 5 abaixo:

    Toler?ncia – S?o dois filmes dentro de um film…

  4. marilyn disse:

    Será que amo Closer????? :D
    Beijo!

  5. Fabiana disse:

    Humm, difícil escolher 5 filmes…
    Mas acho que meu nº01 seria “Melhor é Impossível”, o Jack Nicholson tem uma atuação impecável. :)

  6. [...] Lu escreveu colocou no papel os 5 filmes preferidos dela e o Sérgio também fez a lista dele. Eu também curto uma relação de melhores e fiz uma [...]

  7. Janete Dreyer disse:

    Oi Lu!
    Visito sempre o Blog do Sérgio e já vim aqui visitar o seu por indicação dele, várias vezes!
    Muito legal o teu Blog!
    Em minha lista coloquei: Ao Mestre com carinho; Xanadu; O Milagre de Anie Sullivann; História sem Fim; Desenhos da Disney. Mas existem muitos filmes legais demais como Jornadas nas Estrelas, Guerra nas Estrelas, Matrix, etc…
    Um abração pra vc!

  8. gilson disse:

    impossivel escolher os meus cinco filmes preferidos. Eu cometeria muitas injustiças. Essa lista teria que ter no minimo os 20 filmes preferidos. Teria algumas trilogias (Matrix, Senhor dos Anéis, Star Wars), três filmes de Star Trek (O Primeiro Contato, Inssurreição e De Volta a Terra, e alguns outros pequenos clássicos da ficção científica como Blade Runner e V de Vingança. Tarefa ingrata fazer esse tipo de lista, hehe.

  9. Lu disse:

    Nossa, Ronaldo! Lembro bem de quando vi “A Mosca” pela primeira vez – ou melhor, de quando tentei ver, porque fiquei com tanto nojo que mudei de canal, hehehehe. Só vi o filme todo recentemente.

    O “Crash” a que você se refere é o ganhador do Oscar do ano passado? Muito bom o filme, realmente.

    Paulo, não costumo gostar de épicos, embora reconheça que “Gladiador” é um grande filme. Por outro lado, assisti a “300″ outro dia (resenha em breve) e gostei muito – não entraria num “Top 5″, mas vale a pena!

    Marylin, “Closer” é o filme.

    Fabiana, grande lembrança a sua! “Melhor é impossível” é mesmo fantástico! Preciso revê-lo dia desses.

    Janete, obrigada pela visita, espero que continue voltando! “Jornada nas Estrelas” é minha paixão… “Matrix é um clássico da ficção científica! Também curto bastante os desenhos da Disney, especialmente pelas trilhas sonoras.

    Gilson, realmente, 5 filmes é pouco! Deixar “Blade Runner” e “Matrix” de fora, por exemplo, foi cruel. Também acredito que um Top 20 seria mais justo e condizente com meus gostos.

    No fim das contas, acho que vou fazer Top 5 por gêneros do cinema. Aguardem. ;)

  10. Beatriz disse:

    Oi, Lu!

    Sou sua leitora silenciosa há algum tempo. Parabéns pelo conteúdo e também pela forma, porque textos muito bem escritos são (cada vez mais, infelizmente) uma grata surpresa. Cinema também é uma das minhas paixões e ese post me fez lembrar de um comentário que fiz em outro lugar que reproduzo aqui:

    “Esses são os primeiros cinco que me vieram à cabeça:

    Comer, beber, viver (Ang Lee) – Comida relacionamentos deram bons filmes, mas para mim esse é o mais sensível e rico.

    Nós que nos amávamos tanto (Ettore Scola) – Tinha tudo para ser um filme engajado chato, mas a história, os personagens e os atores foram muito além dessa dimensão. É simplesmente lindo!

    The Commitments (Alan Parker) – Pura diversão e trilha sonora que dispensa qualquer comentário.

    Boleiros – Era uma vez o futebol (Ugo Giogetti) – Imperdível mesmo para quem, como eu, detesta futebol, porque o personagem principal é o Brasil. Tomara que Boleiros 2 mantenha a qualidade.

    Adeus Lenin (Wolfgang Becker) – Uma jóia de roteiro, interpretações excelentes, o retrato humano de um momento histórico crucial.”

    Tudo é questão de gosto, claro, mas esses filmes realmente me marcaram. Vale a pena conferir.

  11. Lu disse:

    Beatriz, não vi nenhum dos filmes da sua lista, mas já adicionei todos à minha “listinha” de dvds a assistir. Obrigada pelo comentário e pelos elogios. :)

  12. Não, esse Crash que eu citei é de 1996. O que ganhou o Oscar eu não vi.

  13. [...] começou com a Lu, depois veio o Dudu, o Sergio… Eu também resolvi participar da conversa (eu já nem gosto de [...]

  14. Arian disse:

    Oiiiiii
    É a minha primeira visita a este site já gostei muito…bom, tem um filme que não é mto o meu estilo q me marcou bastante já q baseado en fatos reais e conforme os noticiários é um problema crescente no mundo todo, fiz minhas sobrinhas adolescentes assistirem pq infelizmente não podemos confiar em qualquer pessoa “simpática” q nos circunda..só p finalizar gostaria q vc comentasse sobre o filme Tráfico Humano(tráfico de mulheres p prostituição).
    mto obgada!

Deixe um comentário

Lu MonteA autora mora em Brasília e atende por Lu (de Luciana). Ou Lu Monte, já que há um monte de Lus. Mais?

No Dia de Folga, fala sobre entretenimento de qualidade, minimalismo, receitas e interesses variados. Também tem outros blogs.

Opine sobre o Dia de Folga. Leva só três minutos!

Por gênero

Todos

54 queries. 0,407