Pão de Liquidificador

O trabalho que esse pão dá é menor que o de ir à padaria – e fica delicioso!

Ingredientes

Pão de Liquidificador
Menos de 15 minutos pra fazer a massa.
  • 200 gramas de farinha de trigo
  • 200 ml. de leite morno
  • 1 ovo
  • 50 ml. de óleo
  • 3 colheres (sopa) de açúcar
  • 1/2 colher (sopa) de fermento biológico seco instantâneo
  • 1 colher (chá) de sal

Você também precisará de

  • liquidificador
  • assadeira e óleo para untar

Preparo

Pão de Liquidificador
Uma hora pra crescer.

No liquidificador, bata rapidamente todos os ingredientes, menos a farinha de trigo.

Acrescente a farinha em duas ou três parcelas, batendo a cada vez só o suficiente pra misturar. Não bata demais, ou o pão ficará pesado.

Transfira para a assadeira untada e deixe crescer por cerca de uma hora. Dependendo da temperatura ambiente, a massa dobrará de tamanho, mas não se preocupe se ela não crescer tanto.

Pré-aqueça o forno em temperatura baixa (180ºC) por 15 minutos. Asse o pão por 40-50 minutos. Estará pronto quando estiver dourado.

Dicas e Complementos

Pão de Liquidificador
40 minutos pra assar.

Se quiser um gostinho diferente, substitua o óleo por azeite de oliva, de preferência por um de sabor marcante, como costumam ser os portugueses.

Você pode usar qualquer formato de assadeira.

Se usar assadeira de silicone, não é necessário untar.

Se quiser um pão ligeiramente adocicado, reduza a quantidade de sal pela metade.

Rende um pão médio (menor que um pão-de-forma do mercado). Fique à vontade para dobrar a receita.

  • Tempo de preparo: 15 minutos para bater – depois, é só esperar crescer e assar
  • Grau de dificuldade: fácil
  • Rendimento: um pão de cerca de 400 gramas

Chilli com Carne

Aprendi a base dessa receita num minicurso de culinária tex-mex, portanto não se trata do autêntico chilli mexicano. Como faço com alguma frequência, obviamente já mudei a receita que me foi ensinada. O que posso garantir é que fica uma delícia!

Ingredientes

  • 250 gramas de carne moída (prefiro músculo)
  • 250 gramas de molho de tomate (de latinha mesmo)
  • 250 gramas de feijão cozido (uso o “carioquinha”)
  • 2 conchas do caldo do feijão
  • meia cebola picadinha
  • três ou quatro dentes de alho moídos
  • azeite ou óleo para refogar
  • salsinha a gosto
  • sal a gosto
  • pimenta a gosto
  • queijo ralado ou fatiado finamente, se desejar

Você também precisará de

  • panela média

Preparo

Chilli com carne, e doritos para acompanhar.
Chilli com carne, e doritos para acompanhar.

Refogue a cebola no óleo ou no azeite. Quando estiver transparente, coloque o alho e refogue até dourar.

Junte a carne moída, tempere com sal e pimenta e mexa para fritar por igual.

Quando a água liberada pela carne secar, adicione o molho de tomate. Corrija o sal e a pimenta, acrescente a salsinha e deixe apurar por alguns minutos.

Em seguida, junte o feijão cozido. Prove novamente os temperos e acrescente o que for necessário. Não deixe o chilli secar – para evitar que seque, use o quanto baste de caldo de feijão. A consistência do chilli é úmida, mas densa. Não pode virar sopa.

Sirva quente, com totopos (vale substituir por doritos). Se quiser abrasileirar, sirva com pão. 😉

Dicas e Complementos

Costuma-se usar coentro no lugar de salsinha. Eu prefiro a salsinha.

A pimenta é essencial nesse prato, mas cuidado para não exagerar. Mexicanos usam muito a jalapeño. No Brasil, você encontrará mais facilmente a malagueta (bem ardida) ou a dedo-de-moça (mais suave). Se for usar a malagueta, duas pimentinhas bastam. No caso da dedo-de-moça, pode-se usar um pouco mais (recomendo retirar as sementes). Eu prefiro usar tabasco porque acho mais fácil controlar a quantidade e evitar que o chilli fique intragavelmente picante.

Na dúvida, use menos pimenta e deixe que seus convidados acrescentem mais se quiserem, depois de pronto o chilli.

Morro de preguiça de cozinhar feijão. Existem umas caixinhas longa-vida de feijão cozido e é isso que uso. A caixinha de 380 gramas vem com aproximadamente 250 gramas de grãos, e o restante de caldo. É a conta exata para essa receita.

  • Tempo de preparo: 20 minutos
  • Grau de dificuldade: fácil
  • Rendimento: serve duas pessoas se for o único prato, ou quatro pessoas se houver mais petiscos

Panquecas Americanas

Não são aquelas panquecas com recheio de carne e cobertas de molho de tomate, mas aquelas das torres que a gente vê em filme americano e fica babando, sabe? Pois pare de babar e faça as suas. A receita é muito simples.

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de leite
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 2 ovos
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 1/2 colher (chá) de fermento químico em pó
  • 1/2 colher (chá) de sal (opcional)
  • manteiga para untar

Você também precisará de

  • liquidificador ou mixer
  • frigideira pequena antiaderente
  • espátula para virar a panqueca

Preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador ou no mixer até obter uma mistura homogênea.

Leve a frigideira ao fogo baixo, untada. Você só precisará untá-la para a primeira panqueca.

Quando a frigideira estiver quente, derrame um pouco da massa. Há quem meça  com concha, mas aconselho o olhômetro: faça uma, se achar muito espessa é só colocar menos massa na seguinte. Só não coloque pouquíssima massa: você está fazendo panquecas fofinhas, não crepes.

A massa cozinha da borda para o centro e quando ele ainda estiver líquido já é hora de virar a panqueca, com a ajuda de uma espátula e alguma paciência. Vai derramar, vai quebrar, não se preocupe: a prática leva à perfeição.

Panquecas Americanas
Cozida na borda, crua no centro: hora de virar.
Panquecas Americanas
Olha como o outro lado já estava pronto.

Em mais um minuto, a panqueca estará pronta – é só o tempo de secar aquele meio que ainda estava líquido.

Passe para um prato, comece tudo novamente e vá montando sua torre.

Dicas e Complementos

Panquecas Americanas
Torre de Panquecas

A panqueca fica mais fofinha se a massa descansar uns 15 minutos antes de ir ao fogo, mas isso não é fundamental – a diferença não é assim tão grande.

A massa líquida pode ser guardada na geladeira de um dia para o outro.

Sem a adição do sal, a massa é neutra-quase-doce. Com o sal (indicado como opcional nos ingredientes), é neutra-quase-salgada. De qualquer modo, combina com todas as coberturas que você inventar. Faça como preferir.

Cada panqueca leva poucos minutos pra ficar pronta. Cuidado pra não deixar queimar.

A primeira panqueca é um desastre visual. Com o tempo, você pega prática, acredite.

Sirva com manteiga, mel, glucose de milho (karo), xarope de maple, geléia ou o que preferir.

Se sobrar panqueca, guarde na geladeira dentro de um recipiente tampado e leve ao microondas por uns 30 segundos quando quiser comer.

  • Tempo de preparo: 30 minutos
  • Grau de dificuldade: fácil
  • Rendimento: de 6 a 8 panquecas, dependendo do tamanho da frigideira e da espessura

Pimentão Recheado com Atum e Cenoura

Ingredientes

  • 1 pimentão vermelho grande
  • 1 cenoura pequena ou média ralada
  • 1 lata de atum light (aquele que é conservado em água e sal, ao invés de óleo)
  • Sal a gosto
  • Pimenta a gosto
  • Um fio de azeite
  • Queijo parmesão ralado para polvilhar

Você também precisará de

Preparo

Pimentão Recheado com Atum e Cenoura Tempere o atum e a cenoura ralada com sal e pimenta a gosto, regue com um fio de azeite e misture.

Corte uma “tampa” do pimentão, no sentido do comprimento. Aproveite essa “tampa” picando-a e misturando-a aos outros ingredientes.

Retire as sementes do pimentão com uma colher e recheie com a mistura de atum e cenoura.

Polvilhe queijo parmesão ralado e leve ao microondas, por 6 a 8 minutos, na potência alta.

Dicas e Complementos

  • Tempo de preparo: 10 minutos
  • Grau de dificuldade: fácil
  • Rendimento: 1 porção