Tomates Secos

Fazer tomates secos em conserva em casa é fácil, e ficam mais gostosos que os comprados no supermercado, mas você precisará de alguma paciência.

Ingredientes

  • 3 quilos de tomates maduros
  • sal para polvilhar
  • açúcar para polvilhar
  • azeite

Você também precisará de

Preparo

Tomates secando ao sol.
Tomates secando ao sol.

Lave bem os tomates, corte-os ao meio e retire a polpa e as sementes. Disponha-os sobre as formas e polvilhe-os com sal e um pouquinho de açúcar. Exponha-os diretamente ao sol forte para que desidratem, por várias horas, durante uns dois ou três dias. Nesse meio tempo, retire a água que se acumula nas formas e torne a polvilhar os tomates com sal.

Se não for possível expor os tomates ao sol, leve as formas ao forn0 a gás, mantendo-o entreaberto e na temperatura mais baixa. Ficarão prontos em cerca de três horas.

Arrume os tomates nos vidros, complete-os com azeite e tampe. Guarde-os na geladeira.

Dicas e Complementos

Você pode acrescentar grãos de pimenta ou ervas nos vidros.

Use a conserva em saladas, pizzas, sanduíches ou como desejar.

Dois vidros dos de azeitona (um de 500 gramas, um de 250 gramas) deverão ser suficientes para acondicionar a conserva. Encha-os completamente com azeite, para que os tomates durem por mais tempo.

Você pode aproveitar a polpa e as sementes para fazer um excelente molho.

  • Tempo de preparo: 3 horas no forno, dois ou três dias sob o sol – mas você não tem que fazer quase nada durante esse tempo.
  • Grau de dificuldade: fácil
  • Rendimento: cerca de 800 gramas, já com o azeite (ou dois vidros médios)

Pimentões em Conserva

A conserva de pimentão é apetitosamente colorida e tem um sabor levemente picante. É light, ideal para ter sempre na geladeira e atacar sem culpa na hora da fome.

Ingredientes

Pimentões em Conserva

  • 8 pimentões médios de cores variadas: verde, vermelho, amarelo, branco, roxo e o que mais você encontrar na quitanda
  • 1 cebola média
  • 2 dentes de alho
  • 4 pimentas de cheiro picadas
  • 1 copo americano de azeite de oliva extra-virgem
  • 1 copo americano de vinagre de vinho branco
  • orégano, sal e pimenta-do-reino a gosto

Você também precisará de

Preparo

Lave os pimentões, abra-os no sentido do comprimento, retire as sementes e a parte esbranquiçada interna. Corte-os em tiras compridas e numa largura de 2 cm., aproximadamente.

Pique bem a cebola, o alho e as pimentas (conservando suas sementes, que dão o toque ardido). Misture e tempere com orégano, sal e pimenta-do-reino.

Em um vidro esterilizado, monte a conserva em camadas: pimentões, a mistura de temperos, azeite e vinagre, sucessivamente. Termine com o azeite e o vinagre.

Tampe o vidro e sacuda bem, para misturar o conteúdo. Guarde em geladeira.

Dicas e Complementos

Pimentões em Conserva Sirva a conserva de pimentão como guarnição para carnes vermelhas ou como aperitivo. Também pode ser saboreada pura, como aperitivo.

Em geladeira e num vidro esterilizado, a conserva dura meses. O azeite gelado pode dar-lhe uma cobertura esbranquiçada, que desaparece após alguns minutos em temperatura ambiente.

  • Tempo de preparo: 20 minutos
  • Grau de dificuldade: fácil
  • Rendimento: um vidro médio

Batatinhas em Conserva

Antigamente, as conservas eram feitas para garantir a preservação de alimentos que só podiam ser cultivados em determinadas épocas do ano, ou para evitar o rápido perecimento de frutas e legumes.

Hoje, com a geladeira, as estufas, técnicas de cultivo aperfeiçoadas e importação de gêneros alimentícios, a melhor justificativa para fazer conservas é o seu sabor único, além da praticidade – você tem o trabalho uma vez, e aproveita o resultado delicioso por alguns meses.

A conserva de batatinhas está entre minhas preferidas. É fácil de preparar e, embora seja um pouco calórica, é muito mais saudável que um pacote de batata frita.

Ingredientes

  • 1 quilo de batatinhas (batatas “bolinha”)
  • 1 cebola média
  • 2 dentes de alho
  • 1/2 xícara (chá) de salsinha
  • 1/2 xícara (chá) de manjericão
  • 1 pimentão verde pequeno
  • 4 pimentas de cheiro
  • 1 copo americano de vinagre de vinho branco
  • 1/2 copo americano de azeite de oliva extra-virgem
  • sal e pimenta-do-reino a gosto

Você também precisará de

Preparo

Lave bem as batatinhas. Não as descasque. Leve ao fogo em água salgada suficiente para cobri-las e acrescente 1/2 copo americano de vinagre de vinho branco. Cozinhe até que fiquem macias, mas firmes (o que os italianos chamam de al dente), o que deve levar aproximadamente 20 minutos após o início da fervura.

Enquanto isso, pique bem as cebolas, o alho, o cheiro verde, o pimentão e as pimentas. Lembre-se de retirar as sementes e a parte branca interna do pimentão, mas mantenha as sementes das pimentas, responsáveis pelo “ardidinho”. Misture esses ingredientes e tempere com sal e pimenta-do-reino.

Reserve a água do cozimento das batatinhas. Perfure cada uma com um garfo.

Conserva de Batatinhas Em um vidro esterilizado, inicie a montagem da conserva em camadas: batatas, a mistura de temperos, um fio generoso de azeite, um pouco de vinagre de vinho branco, mais batatinhas e assim por diante. Termine com o azeite e o vinagre.

Preencha os espaços entre as batatinhas com a água do cozimento.

A conserva de batatas pode ser montada enquanto os ingredientes estão quentes. O vidro também pode estar quente.

Depois de esfriar, guarde o vidro na geladeira.

Dicas e Complementos

Sirva a conserva de batatinhas como aperitivo ou como guarnição para uma salada de folhas verdes.

Em vidro esterilizado e guardada em geladeira, a conserva dura meses. O azeite gelado pode dar-lhe um aspecto esbranquiçado, que desaparece após alguns minutos em temperatura ambiente.

  • Tempo de preparo: 50 minutos
  • Grau de dificuldade: fácil
  • Rendimento: um vidro grande

Geléia de Morangos Light

Terceira receita da série Receitas com Morangos.

Ingredientes

  • 1,5 quilo de morangos frescos (aproximadamente 5 caixinhas)
  • 100 gramas de açúcar “Magro”

Você também precisará de

Preparo

Lave os morangos. Retire as folhas e os cabinhos. Parta os morangos ao meio; se forem grandes, pique-os em 3 ou 4 pedaços.

Geléia de Morango Light Leve ao fogo brando com metade do açúcar “Magro”. Quando começar a soltar água, comece a mexer.

Mantenha o fogo sempre baixo e mexa freqüentemente, para ajudar a cozinhar as frutas e evitar que queimem. Depois de meia hora de fogo, adicione a outra metade do açúcar. Continue o cozimento por mais meia hora.

Guarde a geléia em vidros esterilizados.

Dicas e Complementos

O açúcar que usei, o “Magro” (esse é o nome do produto, não é invenção minha), proporciona uma excelente economia calórica. Você usa uma colher dele em substituição a 4 colheres de açúcar comum. Por outro lado, ele não é recomendado para diabéticos (a receita é light, não diet).

Bolo com geléia de morango, um clássico do lanche da tarde Você também pode usar o “Tal & Qual”, que pode ser consumido por diabéticos e é usado na mesma medida do açúcar. Nesse caso, você precisará de 400 gramas de “Tal & Qual”. O problema é o preço: 100 gramas de “Tal & Qual” custam quase 10 reais. Já o “Magro” é vendido em pacotes de 500 gramas por aproximadamente 6 reais.

Se não encontrar nenhuma dessas marcas, procure por qualquer adoçante culinário (também conhecido como multiadoçante) . Adoçantes culinários podem ser usados em preparos no fogão ou no forno sem que percam suas propriedades edulcorantes. Na dúvida, leia a embalagem e veja se o uso para forno e fogão é recomendado.

No pão de queijo - sugestão das mineiras do meu trabalho Agora, se você não tem essa preocupação com o peso, parta de vez para os 400 gramas de açúcar!

Prove durante o cozimento. Cuidado para não exagerar no açúcar – lembre-se de que, depois de frio, o doce “apura”.

1 hora é o tempo mínimo de fogo. Se quiser uma geléia mais consistente, deixe cozinhar por mais tempo, não se esquecendo de mexer com freqüência.

  • Tempo de preparo: 1 hora de fogo, no mínimo, mais o tempo de lavar e picar as frutas
  • Grau de dificuldade: fácil
  • Rendimento: aproximadamente 1 quilo de geléia