Acompanhe o Dia de Folga por email

Caixa de Email Depois de ler um texto do Alessandro Martins e de uma rápida conversa no Twitter, com opiniões da Nospheratt, da Bia Kunze, do Jonny Ken, da Gabi Nardy e do Edney (alguém ainda acha que o twitter não serve pra nada?), resolvi mudar uma velha política: a partir de hoje, além do feed (não sabe o que é feed?), também é possível acompanhar as atualizações do Dia de Folga via email.

Para receber os próximos textos do Dia de Folga diretamente o seu email, basta cadastrar seu endereço eletrônico na caixinha no menu lateral e não se esquecer de confirmar a inscrição clicando no link que você receberá no seu email. A partir de então, toda vez que um texto novo for escrito aqui, será enviado para o seu email automaticamente. Você pode cancelar o envio a qualquer momento, por meio do link de rodapé “unsubscribe now”, presente em todas as mensagens.

Por que demorei tanto para adotar essa prática?

Primeiro, porque não achei que esse recurso fosse importante, não achei que alguém realmente usasse isso. Segundo, porque acho os feeds uma sacada tão legal que busco incentivar o seu uso e sempre acreditei que esse serviço de entregas por email fosse prejudicial à disseminação dos feeds.

Por que mudei de idéia?

Porque o texto do Alessandro dá conta de que mais de 300 leitores preferem acompanhar o blog dele via email. As opiniões que recebi no twitter confirmam: muita gente usa e gosta do serviço de entrega por email de novos textos.

Pensando bem, até que faz sentido. Se você acompanha uns 3 ou 4 blogs, talvez não precise mesmo de um agregador de feeds. Por outro lado, entrar todos os dias em 4 ou 5 blogs só para descobrir que nã0 há nada de novo é um porre. Nesse caso, a entrega por email pode ser a saída mais prática.

Se você tem blog e gostaria de oferecer o mesmo serviço aos seus leitores, é só usar o FeedBurner para gerar o seu feed. Depois, no FeedBurner, procure a guia “Publicize” (Publicar) e, em seguida, “Email Subscriptions” (Assinatura por Email). Habilite o serviço, copie e cole o código no seu blog e pronto.

Também existe um serviço especializado em gerar newsletters com foco em blogs, o Zookoda. Como já uso o FeedBurner, não cheguei a testá-lo.

15 thoughts on “Acompanhe o Dia de Folga por email

  1. Pois é. O Alriada Express já “cospe” feeds e emails há mais de um ano. No inicio havia pouca gente lendo e assinando, mas agora o numero de assinantes decolou. Gosto dessas ferramentas.

    Sobre ainda ter gente contra o twitter, dá uma sacada no primeiro comentário deste meu post aqui.

    Abraços do Verde

  2. Isso é uma verdade Lu. Lá no rockerspace, a grande maioria dos assinantes do feed também recebe as atualizações por email. Na época que descobri isso, confesso que até me assustei, mas se pensarmos bem, pode ser um pouco mais prático mesmo para alguns. 🙂

  3. As novidades demoram a entrar na cabeça das pessoas. Olha que feed nem é tão novidade assim. Mas a primeira coisa que eu pensei quando eu inventei de ter um blog foi “ei, como eu posso fazer para que as pessoas recebam meus artigos por email”?

    Pois é. Tem muita gente disposta a receber…

    Recurso recomendadíssimo por enquanto.

    Beijos do Ale!

  4. Eu também li a dica dele e tratei de colocar no Riffs & Solos e também uso o Zookoda. A grande diferença é que o zookoda permite envio de conteúdo diferenciado. Eu uso pra enviar PDFs com transcrições completas, uma espécie de cereja do blog só pra quem assina. Vale a pena!

  5. Fez bem Lu.
    20% dos assinantes do meu blog recebem os posts por email.
    Acho que não temos que tentar empurrar tecnologia.
    Se algumas pessoas preferem receber o post como se fosse uma carta, qual o problema? O importante é que querem ler o que a gente escreve.
    abrs

  6. Lu,
    Já assinava o Dia de Folga pelo leitor de feed. Nunca havia me ligado que assinar por email poderia ser tão forte. Li o artigo do Alessandro e li o seu. Resolvi colocar no Pô, meu! também.
    Abraços e sucesso,

  7. Talvez… para pessoas com conexão discada ainda seja mais fácil e prático assinar por email porque assim no final do dia podem descarregar as mensagens e ler off-line.

  8. Opa Lu!

    Primeiro de tudo, feliz 2008 🙂

    O seu exemplo, não foi muito feliz, pois google talk, icq ou msn faria o mesmo e melhor 🙂 E cá para nós, no contexto do seu exemplo, mesmo a assincronicidade do e-mail daria conta!

    Por que a super-dosagem de informação do twiiter, neste caso particular faria diferença! Será que minha birra como twitter não mee deixou perceber o pulo do gato 🙂

    []’s

  9. É, gente, parece que foi mesmo uma boa idéia acrescentar esse serviço ao Dia de Folga. Obrigada pelos pitacos!

    Dudu, você está certíssimo, o importante é que querem ler, e devemos facilitar o processo.

    Sérgio, sem dúvida, é sua birra que não colabora contigo. Num Gtalk ou email, eu precisaria selecionar algumas pessoas e incomodá-las com a pergunta (correndo o risco de ficar sem resposta). No Twitter, lancei o link para o texto do Alessandro e recebi respostas voluntárias de quem tinha algo a dizer sobre o assunto.

    Twitter é networking e colaboração espontâneos. Esse é o pulo do gato.

  10. Oi Lu:
    Seu blog chegou aqui. Mito bom. Não preciso mais ficar procurando um link pra acessar.
    Bjos

  11. Opa Lú!

    E qual a diferença de fazer uma entrada no teu blogue e receber as mesmas contribuições dos seus leitores, potenciais interessados na questão?

    Em que a rede de contatos do twitter agregou de valor? Ou colocando a questão de outro modo: Suponha que para eu ler esta tua pergunta eu tivesse que seguir o teu twitter e ter que receber todas as outras questões que seriam sem interesse pra mim, somente para receber esta que me interessaria!

    Percebeu o ponto central da minha birra com o twitter! É uma ferramenta que me inundaria de informações que os seus autores concientemente julgam sem importânica para serem publicados num blogue!

    Pra conversar, prefiro as ferramentas dedicadas… o status dos comunicadores instantaneos já te diriam se você receberia resposta ou não 🙂 Mas ruivas nunca ficam sem respostas 🙂

    Enfim, não poderia terminar este comentário/conversação sem reafirmar: *viva a diferença!*…

    Prefiro ficar sabendo 2 minutos depois a sua questão a ser sufocado com uma superdosagem de informações irrelevantes pra mim!

    []’s

  12. Também li isso lá e só ai me lembrei que tinha esquecido =P Na versão antiga já tinha, hahahah

    Mas é isso ai, deixar os leitores felizes com o jeito que o agrada.

  13. Eu tb to pensando em colocar essa opção no meu blog. Afinal não custa nada e tem gente que realmente usa pelo visto.

  14. Obrigada pela dica!
    Assinei para receber suas atualizações por email e coloquei essa possibilidade no meu blog.
    Valeu!

Comments are closed.